Rainha Dona Leonor vai ser o melhor bairro social do país e não custará nada à Câmara do Porto

Vai nascer o melhor bairro de habitação municipal jamais construído em Portugal. O processo de contratação terminou, depois da autarquia ter ganho os vários processos judiciais que foram levantados por concorrentes. Em causa está a construção do primeiro bairro de classe energética A+ em Portugal. O empreendimento realojará todas as 52 famílias presentes no actual e muito degradado bairro e ainda sobrarão mais 20 casas para novos inquilinos municipais. O modelo implementado pelo executivo de Rui Moreira permitirá fazer a obra, sem qualquer custo para o município, como explicou o vereador da habitação Manuel Pizarro.

 

O projeto foi hoje apresentado aos vereadores, em reunião de executivo, depois do Tribunal de Contas ter aprovado o contrato. Aproveitando o terreno onde estava implantado o bairro Rainha Dona Leonor, em três blocos muito degradados e cheios de placas de amianto, a Câmara do Porto lançou um concurso público, obrigando o vencedor construir primeiro a habitação social de alta qualidade e, no final, ao lado, um bloco de habitação para venda.

O modelo adoptado pela Câmara neste bairro permitirá construir habitação social de elevada qualidade, manter todos os inquilinos no local, alojar novos inquilinos municipais a custo zero, já que serão os privados a fazer todas as obras. O risco para a autarquia é, por outro lado, nulo, já que os empreendedores apenas poderão avançar com a habitação particular após a entrega da habitação social.

 

As “casas” de habitação social dividem-se nas várias tipologias, de T1 a T4, havendo até apartamentos duplex. Além das casas, que terão todas entradas próprias e individuais, o empreendimento terá espaços comuns e sociais, de lavandaria, sala de estudo e de moradores. As casas terão vista para o rio e para a Foz e o espaço público será totalmente requalificado pelo empreendedor.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas

Leave a Comment