JOVEM DE FAMALICÃO CONTINUA DESAPARECIDA

Uma adolescente, de 14 anos, está desaparecida desde a manhã de quarta-feira em Famalicão.

Diana Paixão, que vive com os pais e as duas irmãs em Mões, Famalicão, foi vista pela última vez quando saiu de casa em direção à Escola Júlio Brandão. A jovem não tinha telemóvel. O pai da menor, Vítor Brandão, que é bombeiro nos Bombeiros Voluntários Famalicenses, relatou os momentos de dor vividos pela família. O homem é motorista e estava a trabalhar em França quando recebeu a terrível notícia da mulher, Beatriz Paixão.

“Saiu de manhã, às 07h45, como faz todos os dias. Tinha a mochila que levava todos os dias para a escola e a roupa que tinha no corpo. Foi a diretora de turma que estranhou a ausência da Diana na escola. Ela era muito dedicada, estudiosa e boa aluna”, conta Vitor Paixão, destroçado.

Imediatamente a família deu o alerta à PSP de Famalicão, que começou logo a investigar o caso. De acordo com o pai de Diana, a menina mantinha contacto no Facebook com um rapaz mais velho, que será de Matosinhos, no Porto. “Tentámos falar com essa pessoa, que nunca atendeu o telefone. Mas as autoridades já estão a investigá-lo. Ele tem cadastro”, explica Vítor Paixão, que adianta que está a ser investigada a hipótese de rapto. “Raptaram a minha filha, só a podem ter raptado”, desespera o pai de Diana. Quando Diana saiu de casa levava um casaco vermelho e calças de ganga. “Tudo o que eu quero, tudo o que peço, é que a minha filha volte”, conclui o pai da menina.

 

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas

Leave a Comment