“LIKES” no Facebook podem ser usados contra ti

Um caso inédito pode vir a ter estabelecido um precedente no que diz respeito a tomar como base ‘likes’ em comentários na rede social.




Um homem de 45 anos foi sentenciado num tribunal na Suíça com base nos seus ‘likes’ do Facebook, informação que acabou por corroborar a sua posição relativamente aos rumores de um ativista pelos direitos de animais ser “anti-semita” e “racista”.

De acordo com o tribunal, o fato deste homem ter colocado um ‘like’ em comentários de outros utilizadores com essas acusações fez com que esses comentários fossem ainda mais disseminados na rede social, o que constitui uma “afronta à honra” do ativista. Assim, o homem foi sentenciado a uma multa no valor de 4.100 dólares (cerca de 3.600 euros).

Como nota o Android Headlines, o caso é inédito e estabelece um precedente para casos futuros que tenham como base a atividade no Facebook e outras redes sociais.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas