Jovem encontrada morta dentro de frigorífico

Vítima foi esfaqueada por um homem. Tendo prima conseguido fugir e alertar as autoridades.

Uma jovem de 19 anos, inglesa, foi esfaqueada até à morte por um homem que escondeu o corpo dentro de um frigorífico. O incidente aconteceu numa residência em Londres que está avaliada em 1 milhão de euros. Outra mulher, de 21 anos, aparentemente prima da vítima, foi também brutalmente atacada e está em “estado grave” no hospital, embora a situação já esteja estabilizada. As duas mulheres estavam juntas quando tudo aconteceu. Segundo a imprensa,a jovem de 21 anos conseguiu fugir alertando a polícia do incidente. Quando a polícia chegou ao local, encontrou os restos da adolescente escondidos num frigorífico da casa. Um vizinho afirmou, em declarações ao Daily Mail, que o homicida foi preso quando tentou fugir do país. No seguimento do processo, três pessoas foram presas, incluindo um construtor que trabalhava na casa e outro homem de 28 anos. As razões permanecem desconhecidas. Uns dias antes do incidente, um Renault Clio foi avistado no estacionado em frente à casa onde aconteceu o crime. De uma das janelas, é possível ver um frigorífico que terá sido usado pelo homicida para esconder a vítima. “Estamos a fazer de tudo para compreender as circunstâncias deste infeliz ataque a estas duas jovens”, afirmou o detective chefe da operação, Sam Price. “A morte da adolescente de 19 anos está a ser tratada como homicídio e o ataque à mulher de 21 anos como tentativa de homicídio (…) qualquer pessoa que tenha informações, contacte-nos”, adiantou o detetive. “Nesta primeira fase, acreditamos que as vítimas tenham sido levadas para esta casa e que mantinham uma relação qualquer com os atacantes”, continua.

Notícias relacionadas