Água volta a correr em fontes que estavam inativas



Água volta a correr em fontes que estavam inativas

Estão a decorrer em quatro pontos da cidade obras de reabilitação do património fontanário. A intervenção, a cargo da direção de Ambiente da Câmara do Porto, foi iniciada em 21 de julho e tem conclusão prevista para 20 de agosto, devolvendo à paisagem urbana cinco equipamentos recuperados. Saiba quais são:

Fonte de Contumil (Rua de Contumil)
Devido à inexistência de qualquer circuito de bombagem, sempre que havia abastecimento a água perdia-se, sem qualquer tipo de aproveitamento. Estas perdas representavam custos avultados, razão por que a fonte estava inativa.

Duas fontes do Largo Moreira da Silva (Rua da Alegria)
Situadas no jardim entre as ruas da Alegria e Dom João IV, junto à Rampa da Escola Normal, as fontes estavam inativas. Ambas não tinham circuito de bombagem.

Fonte do Garcia da Orta (Avenida da Boavista)
Estrutura emblemática na avenida, com escadaria de ligação à Escola Secundária Garcia de Orta, o conjunto de dois tanques será reabilitado. No local ressurgirão dois “espelhos de água”.

Fonte Cibernética (Rua Diogo Botelho)
Em funcionamento parcial, a fonte tinha vários elementos e equipamentos danificados, sendo o intuito recuperar o conjunto.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas