Vídeo▶️ Candidatura de Valentim Loureiro alvo de dois pedidos de impugnação do PSD/CDS





A coligação PSD/CDS à Câmara de Gondomar, liderada por Rafael Amorim, apresentou dois pedidos de impugnação no tribunal local relativamente à candidatura independente de Valentim Loureiro, avança o “Público” esta quinta-feira. (É preciso lembrar: quando Valentim Loureiro presidia a Câmara de Gondomar, há alguns anos, Rafael Amorim foi o seu chefe de gabinete.)

Pelo que o matutino apurou, um dos pedidos de impugnação tem a ver com o facto de o movimento independente usar a denominação “Valentim Loureiro Coração de Ouro” em todas as candidaturas aos órgãos autárquicos.

A coligação PSD/CDS entende que Valentim usa “indevidamente a palavra ‘coração”’ que, de resto, consta também da denominação da candidatura social-democrata e democrata-cristã. Foi entregue ainda outro pedido de impugnação no tribunal que argumenta que a coligação escolheu para sua denominação “Gondomar no coração” e que o facto de outra candidatura a usar a mesma palavra “induz os eleitores em erro”.

O ex-autarca de Gondomar, Valentim Loureiro, disse ao matutino desconhecer qualquer iniciativa de impugnação da sua candidatura e negou que haja qualquer “irregularidade” em relação às listas do movimento que lidera.

O “grupo de cidadãos pelo qual concorre às eleições autárquicas é o mesmo”, e essa é a razão pela qual o seu nome surge nas listas para a câmara, assembleia municipal e as assembleias de freguesia, justificou.


PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas