Sociedade Protetora dos Animais do Porto denuncia abuso sexual em cadela




 Pipoca foi adotada há cerca de oito anos.

A Sociedade Protetora dos Animais do Porto denunciou esta terça-feira na sua página do Facebook que uma cadela foi alvo de sevícias em Gondomar. O animal apresentava lesões e foi sujeito a exames médicos, que comprovam que foi vítima de agressões sexuais.
A cadela foi encontrada numa rua durante o dia de sábado.

“Através do chip, descobrimos que foi dada por nós há cerca de oito anos. Contactámos o adotante, que negou ter qualquer animal em seu nome, o que nos preparou para fazer uma denúncia por abandono. Como apresentava dificuldades locomotoras, realizámos exames no sentido de saber se teria sido atropelada, mas a realidade é bem mais cruel”, diz a Sociedade Protetora dos Animais do Porto.
A cadela, a quem foi dado o nome de Pipoca, será adotada pela pessoa que a encontrou logo que tenha alta. O animal poderá mesmo ter que vir a ser alvo de uma cirurgia. “Não pensem por um momento que quem cometeu esta monstruosidade sairá impune, o caso será levado até as últimas consequências”, conclui ainda a associação.



PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas