Morreu D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto





D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto, morreu esta segunda-feira aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco.

A notícia da morte foi avançada pela Agência Ecclesia.

D. António, natural de Tendais, no concelho de Cinfães, foi nomeado para bispo do Porto em fevereiro de 2014, sucedendo a D. Manuel Clemente.

Antes, foi bispo de Aveiro e auxiliar de Braga, tendo sido ordenado padre em 1972 e bispo em 2005, na Sé de Lamego.
Estudou no seminário da sua diocese, em Lamego, e licenciou-se em Filosofia na “École Pratique de Hautes Études Sociales”, em França, com mestrado no Instituto Católico de Paris, onde obteve o diploma de Sociologia Religiosa.

Durante os estudos em Paris, foi membro da equipa sacerdotal da Paróquia de São João Batista de Neuilly-sur-Seine, assumindo a responsabilidade pastoral da comunidade portuguesa.

Na Conferência Episcopal Portuguesa, ocupava o cargo de presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana e de vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé.
“Um bispo de povo no meio da comunidade”

Recorde aqui a entrevista de D. António ao Jornal de Notícias, em maio de 2015, onde demonstrou a vontade de ser considerado “um bispo do povo no meio da comunidade”, exaltando o papel dos jovens na Igreja e da “presença da juventude na diocese do Porto”.

“Peço muito se ouça a voz dos jovens, porque eles nos ensinam a andar mais pressa. (…) E peço muito que se ouça a voz dos idosos porque nos ensinam a sabedoria de percorrer melhor o caminho”, disse, na altura.

Notícias relacionadas