Programa Faz-Te Forward chega ao Porto





O programa Faz-Te Forward, chega pela primeira vez ao Porto e as candidaturas estão aberta até ao dia 1 de outubro. Trata-se de um projeto que tem por objetivo aumentar a empregabilidade e a inclusão socioprofissional de jovens adultos. Os jovens, com idade entre os 18 e os 29 anos, que tenham concluído ou estejam a concluir formação profissional ou superior, desempregados ou à procura do 1º emprego, podem candidatar-se, num programa gratuito que os irá dotar de ferramentas práticas e diferenciadoras, como o autoconhecimento, soft skills, e networking, facilitando a sua entrada no mercado de trabalho. Este programa “à medida de cada jovem”, inclui formação em grupo valorizando competências transversais, sessões individuais de coaching, e mentoria com profissionais experientes e ligados a empresas e organizações de destaque a nível nacional, adianta a organização.

Inês Carmo, project manager do Faz-Te Forward, disse ao Dinheiro Vivo que “as candidaturas estão a correr muito bem para a 1ª edição no Porto, 6ª do programa. Já temos mais de 100 candidatos e esperamos receber mais, para depois selecionar 30”. Quanto aos que ficam de fora, garantiu, que “até ao final do ano abrimos candidaturas para a 2ª edição”. Depois da seleção dos 30 candidatos, ao longo do mês de setembro e outubro, o programa de capacitação arrancará no início de novembro terminando em março de 2018, num total de cinco meses de duração, O projeto iniciou-se em 2011, em Lisboa, onde se manteve até este ano. “Era um projeto – piloto, complementar ao sistema de ensino, e primeiro queríamos ter resultados para depois crescer”, referiu Inês Carmo. E os resultados chegaram. Já abrangeu mais de 160 jovens ao longo de cinco edições e “com resultados positivos, com destaque para uma média de 73% dos jovens integrados no mercado de trabalho após a participação no projeto, sendo que 50% eram recém-licenciados e 50% à procura do primeiro emprego”.

Com estes valores, e “com financiamento, porque é um projeto sem fins lucrativos, depois de dois anos a amadurecer a ideia, decidimos vir para o Porto, até porque é no Norte que há um maior número de jovens e também à procura do primeiro emprego”. O Faz-Te Forward é realizado em parceria com a TESE – Associação para o Desenvolvimento, o Laboratório de Investimento Social, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Deloitte, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a Câmara Municipal do Porto. O Título de Impacto Social Faz-Te Forward é co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE), Portugal 2020 e UE, através do Fundo Social Europeu.

fonte: https://www.dinheirovivo.pt/economia/programa-faz-te-forward-chega-ao-porto/

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas