▶️ Vídeo. Espancado até à morte numa fila de rulote





Morto à pancada em fila de rulote

Uma discussão verbal, depois de uma pessoa ter passado à frente numa fila de uma rulote de venda de comida, em Albufeira, deu origem ao homicídio de Paulo Santos, no início de setembro. Três dos suspeitos da agressão violenta, com idades entre os 22 e os 24 anos, foram agora detidos pela Diretoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ).

O caso ocorreu na madrugada do dia 3 de setembro, pelas 06h00, na rua Infante Dom Henrique. Paulo Santos, de 35 anos, era gerente de um bar na cidade turística e tinha acabado de sair do trabalho. Ao que o CM apurou, estava na fila com uma rapariga para ser atendido numa rulote de comida quando um jovem tentou passar à frente.

O casal chamou a atenção para a atitude e o jovem partiu de imediato para as agressões, com o apoio de um grupo de amigos. Segundo revelou ontem a PJ, “os detidos desferiram socos e pontapés” na vítima, que já estendida no chão foi ainda pontapeada por um dos jovens na cabeça, “enquanto outro saltou para cima do corpo”. A vítima foi assistida no local por uma equipa dos Bombeiros de Albufeira e outra do INEM e transportada ao hospital, tendo vindo a morrer no dia 8 de setembro, “em consequência das lesões sofridas”.

Ao que o CM apurou, dois dos suspeitos foram detidos no Algarve e o terceiro em Setúbal. Foram ouvidos por um juiz e um deles, ao que tudo indica o autor dos pontapés na cabeça, foi colocado em prisão preventiva. Os outros dois foram colocados em liberdade com a obrigação de se apresentarem diariamente às autoridades.

PORMENORES Mandados Os suspeitos foram identificados horas depois da agressão mas só foram detidos um mês depois pela Policia Judiciária, após a emissão de mandados de detenção pelo Ministério Público. Crimes Os três jovens detidos, com idades entre os 22 e os 24 anos, estão indiciados pela presumível prática dos crimes de homicídio qualificado e de ofensa à integridade física qualificada. Hospital Paulo Santos foi brutalmente agredido e sofreu ferimentos graves na cabeça e na coluna. Esteve durante cinco dias internado nos Cuidados Intensivos do hospital de Faro, onde veio a morrer.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/morto-a-pancada-em-fila-de-rulote?ref=HP_Destaque


Notícias relacionadas