▶️ Vídeo: Manobra perigosa motiva a suspensão dos pilotos

O piloto do último voo de longa distância que um avião a companhia aérea ‘Air Berlin’ realizou, com destino ao aeroporto de Duesseldorf, achou por bem executar uma manobra arriscada para que a aeronave de ‘despedisse’ das viagens. Os passageiros ficaram em pânico, porque pensavam que o avião ia cair ou chocar contra a torre de controlo, e os responsáveis foram suspensos.

O último voo de longa distância da Air Berlin estava prestes a aterrar, com 200 passageiros a bordo, quando o piloto passou a rasar a torre de controlo do aeroporto de Duesseldorf, na Alemanha. O avião vinha de Miami, e aparentemente, estava tudo preparado para uma aterragem tranquila. Mas o piloto decide fazer uma última manobra e toda a gente a bordo ficou em pânico.

Segundo o jornal britânico Mirror, num dos vídeos que existem do momento filmado pelas pessoas que estavam na pista, ouve-se uma mulher a gritar: “mas o que é que ele está a fazer?” Uma empregada do aeroporto pensou que o avião ia cair mesmo em cima do terminal. “Foi uma sensação estranha quando o A330 veio na nossa direcção, nós não sabíamos que ele ia dar uma volta que não estava planeada”, contou a funcionária. A autoridade federal de aviação está a investigar, segundo o jornal The Local. “Em aviação, a segurança vem sempre primeiro. Estamos a levar o incidente muito a sério”, afirmou o porta-voz da Air Berlin. Os pilotos foram suspensos e disseram que apenas estavam a tentar tornar este último voo num momento emotivo e especial. A despedida acabou mesmo por ser o último voo do avião e também dos pilotos.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas