Criança foi deixada na rua porque não bebia o leite

A polícia norte-americana descobriu o corpo de Sherin Mathews, a menina de três anos que desapareceu há cerca de duas semanas depois de o pai adotivo a ter obrigado a ficar fora de casa como castigo, em Richardson, Texas, EUA.

A menina, que não era vista desde o passado dia 7 de outubro, foi deixada na rua como uma forma de punição por se ter recusado a beber o leite que o pai lhe tentava dar naquela noite. Os restos mortais da criança foram encontrados a alguns quilómetros da casa onde esta residia. Apesar de tudo indicar que o cadáver pertence a Sherin, ainda não há uma confirmação absoluta por parte das autoridades, pelo que se estão a realizar todos os procedimentos para se apurar a verdade.

O pai adotivo da menina, Wesley Mathews, foi detido logo após o desaparecimento da criança. Acusado de abandono, acabou por ser libertado mais tarde e foi obrigado a usar um dispositivo de monitorização eletrónico. O homem revelou à polícia que se sentia frustrado com a atitude da criança, que tinha adotado juntamente com a mulher há dois anos atrás, de um orfanato da Índia. Perante a situação, Wesley achou por bem colocar a menina na rua de modo a castigá-la.

Ao regressar ao local cerca de 15 minutos depois, a menina já não estava no local. A mãe da menina não tem qualquer implicação no caso, uma vez que estava a dormir quando tudo aconteceu. Sherin sofria de problemas físicos e intelectuais e apresentava dificuldades de fala.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas