Dois mortos e um ferido em explosão numa casa

A explosão de uma caldeira numa habitação, em Amarante, causou dois mortos e um ferido.
As vítimas mortais são um homem e uma mulher, que não resistiram aos graves ferimentos sofridos no momento da explosão.

O homem, de 83 anos, reformado da GNR, sucumbiu aos graves ferimentos ainda no local da explosão. A mulher, de 80 anos ficou ferida com gravidade. Sofreu queimaduras por todo o corpo e “inspirava grandes cuidados”, explicou uma fonte ao JN. Assistida na ambulância “mais de uma hora”, foi levada pelos Bombeiros de Amarante para o Hospital de S. João com acompanhamento médico, mas viria a falecer durante a noite.

Uma filha do casal, pelo que o JN conseguiu apurar, sofreu “apenas” queimaduras ligeiras nas mãos.
O sinistro ocorreu, ontem, cerca das 18.15 horas, numa casa à face da EN210, em Cepelos, Amarante, junto ao antigo matadouro de Amarante nas imediações do Parque Florestal.

A explosão da caldeira ocorreu quando o casal se preparava para dar banho à filha, uma jovem mulher com défice cognitivo. A ignição terá ocorrido no momento em que uma segunda filha do casal, professora, ao chegar a casa dos pais ligou um interruptor para acender a luz de uma das divisões da habitação.

As vítimas foram assistidas no local pela equipa da Viatura de Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Vale do Sousa e pelos Bombeiros Voluntários de Amarante.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas