STCP e Metro do Porto reduzem para metade consumo de água

O Metro do Porto e a STCP anunciaram, esta sexta-feira, que vão baixar o consumo de água para metade, medida que faz parte de um plano de poupança, “atendendo à situação de seca” em Portugal.

Emissão em Direto:

Segundo Jorge Delgado, presidente do Conselho de Administração do Metro do Porto e da STCP, estas medidas estão em linha com as orientações do Ministério do Ambiente para que se “reduzam, objetiva e rapidamente, os consumos de água”.

“O Metro do Porto e a STCP têm um papel na comunidade, devem dar o exemplo e assumir a sua responsabilidade social junto dos cidadãos”, indicou, em comunicado.

Estas são “medidas de exceção, mas que vão, no imediato, fazer diminuir para metade os atuais consumos de água”, garantiu o responsável, segundo o qual “este plano de contingência é mesmo radical e vai estar em vigor pelo período de tempo necessário até a situação normalizar”.

Jorge Delgado acrescentou ainda que algumas dessas alterações podem vir a ser definitivas.

Por parte do Metro do Porto algumas das ações que serão implementadas passam pela redução de operações de rega dos espaços relvados para apenas três por semana, a lavagem dos veículos foi também reduzida para uma por semana e também a criação de um programa de monitorização e deteção de fugas de água por toda a rede, tal como um plano de sensibilização junto dos seus colaboradores.

Por seu lado, a principal alteração da STCP será a redução para três vezes por semana do número de lavagens dos autocarros da frota, quando até aqui eram lavados diariamente, estando também previsto o investimento “em equipamentos que contribuam para uma maior poupança de água”.

Tal como a Metro do Porto, a STCP fará também uma campanha de sensibilização junto dos seus trabalhadores.

Segue-nos...

Notícias relacionadas