Dono do carro que lançou o pânico no Porto diz-se inocente

Amet Memet, proprietário da carrinha avariada que foi abandonada nos Aliados, Porto, quarta-feira à tarde, deslocou-se às autoridades, enquanto decorria a megaoperação da PSP, devido à presença da viatura suspeita.

Identificou-se e negou o envolvimento no caso. Disse desconhecer quem conduziu e abandonou o veículo – obrigando ao corte do trânsito e evacuação de todo os espaços comerciais envolventes, durante quase quatro horas, provocando o caos na baixa da cidade.

Disse desconhecer quem conduziu e abandonou o veículo – obrigando ao corte do trânsito e evacuação de todo os espaços comerciais envolventes, durante quase quatro horas, provocando o caos na baixa da cidade.

O homem, de 36 anos e de nacionalidade romena, terá sido expulso, há semanas, da casa onde morava com amigos, na rua das Musas, Porto. Continuou, no entanto, a viver perto daquele local.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas