Videoclipe do “Despacito” hackeado

O vídeo da música “despacito”, com mais de cinco mil milhões de visualizações no YouTube, foi eliminado da rede social, na sequência de um ataque levado a cabo por “hackers”, esta terça-feira.

Mais de uma dezena de outros artistas, como Shakira, Selena Gomez, Drake e Taylor Swift também foram afetados pelo ataque. Todos os artistas usaram a plataforma Vevo para colocar os vídeos na rede. Ainda não se sabe se os hackers tiverem acesso às contas responsáveis pela publicação dos vídeos ou se entraram mesmo nos servidores da Vevo.

De acordo com a “BBC”, o grupo de “hackers” publicou uma mensagem em que exigem a libertação da Palestina. No vídeo “despacito”, que é mais visto de sempre na rede social, os “hackers” colocaram um grupo de pessoas mascaradas, autointitulando-se de “Prosox” e “Kuroi´sh”.

Um dos responsáveis pelo ataque terá publicado uma mensagem no Twitter em que explica que apesar do ataque “ama o YouTube”.

Notícias relacionadas