▶️Vídeo: Mulher morta e violada por grupo após final da Liga dos Campeões

Um grupo de quatro homens drogou alegadamente uma mulher, que se encontrava num bar a ver a final da Liga dos Campeões, violou-a e matou-a à pancada, segundo avança o jornal britânico Daily Mail.

As câmaras de segurança da empresa CCTV apanharam o grupo a carregar a mulher já inconsciente para fora do bar. Nong Gift, uma jovem tailandesa de 21 anos, estava a ver o jogo da fina da Liga dos Campeões, no dia 26 de maio, em Chanthaburi, Tailândia, quando foi alegadamente drogada por um grupo de quatro homens. A vendedora de produtos de cosmética desmaiou no bar e foi levada, por volta das duas da manhã, num carro pelo grupo em questão. A jovem estava com três amigas e os quatro homens disseram-lhes que iam apenas levá-la a casa, segundo relata o Daily Mail.

Um dos quatro elementos conhecia a rapariga pelo que as amigas não estranharam. O grupo levou-a para um jardim isolado e foi aí que, alegadamente, foi violada e depois espancada até à morte. Nattaphong Saenkraud, Patti Boonthal, Panya Chan Somdee and Suitsit Jaechim confessaram os seus crimes à polícia e foram levados, esta quarta-feira, para uma reconstituição do crime.

Charn Jitjunjun, chefe da polícia tailandesa, afirma que a vítima foi encontrada na mesma noite. “A vítima foi encontrada morta na mesma noite. Quatro homens foram presos e confessaram o crime”, disse Charn. “O corpo foi encontrado com espuma à volta da boca, nariz com sangue e parte de suas roupas no chão”, acrescentou a polícia. Airziz, uma das três amigas que permitiram que a jovem fosse levada, justificou: “Nong já conhecia um dos homens. Ela era amigável com todos. Era normal ela conversar com toda a gente. Pensei que ela tinha chegado com estes homens e era amiga deles”.

A jovem está a ser submetida a uma autópsia para determinar se foi mesmo drogada e qual a causa da morte. A investigação ainda não foi concluída.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas