Padre que deu bofetada a bebé em batizado obrigado a reformar-se

O padre que deu um estalo na cara de uma criança que estava a batizar, numa igreja em França, foi obrigado a reformar-se. O padre, que já foi identificado como Jacques Lacroiz, de 89 anos, anunciou que vai terminar o seu percurso e que existe um fim para tudo.

O vídeo que correu as redes sociais mostra uma tentativa do padre de acalmar a criança, está a escandalizar a opinião pública e a deixar um rastilho de polémica na internet. As imagens, publicadas na quarta-feira, foram captadas numa igreja em França, e mostram o menino ao colo da mãe durante a cerimónia de batismo. Tudo começa quando a criança começa a chorar impacientemente no momento em que o pároco está a explicar o processo do que se irá passar a todos os presentes no local.

Entretanto, o tom de voz do padre muda abruptamente e manda calar a criança com um ar severo. Perante a falta de obediência desta, o religioso decide disferir-lhe uma bofetada na face, agarrando-lhe a cabeça com força logo de seguida.

A mãe tenta puxar o bebé dos braços do padre, mas este continua a agarrar a criança. De seguida, um homem, que ao que tudo indica será o pai da criança, interrompe a cerimónia e consegue pegar ao colo no menino, visivelmente assustado.

As imagens, que rapidamente se tornaram virais na Internet, estão a ser duramente criticadas por várias vozes e há até quem vá mais longe e não ataque apenas o padre, como a própria igreja católica.

 

Notícias relacionadas