PSP destrói cerca de nove mil armas de fogo

A PSP organiza hoje, numa empresa da Maia, a destruição de cerca de nove mil armas de fogo. Essas que foram dadas como perdidas a favor do Estado, na sequência de apreensões no âmbito de processos-crime ou contraordenacionais, ou até mesmo através de entregas voluntárias.

A iniciativa terá lugar no Dia Internacional de Destruição de Armas, um evento a que a PSP já se associou em anos anteriores. Além de forças de segurança, Organizações Não Governamentais de vários países do Mundo também participam em ações de sensibilização contra a proliferação de armas no mercado negro.

Em Portugal, a destruição organizada hoje pela PSP contará com a presença da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto.

 

 

Notícias relacionadas