PORTO: Câmara aprova moção para Governo agilizar obras na ala pediátrica do S. João

O documento exige que seja emitida a portaria que acelera o lançamento da obra, solicitando que a “câmara municipal se pronuncie de forma a reforçar a sua posição, para que as obras comecem o mais rapidamente possível”.

A vereadora da CDU, Ilda Figueiredo, lembrou que “o Hospital de São João já tem disponível cerca de 19,8 milhões de euros dos 23,8 milhões” necessários para iniciar a obra, porém refere que falta “publicar a portaria de extensão de encargos”.

O vereador do PSD, Álvaro Almeida, concordou com a moção apresentada pela CDU por considerar aquele problema uma “preocupação pessoal e do partido”.

Também a vereadora socialista Fernanda Rodrigues disse “ter a expectativa de que a proposta se cumprirá a curto prazo”.

No texto da moção da CDU/Porto, a que a Lusa teve acesso, assinado pela vereadora Ilda Figueiredo, lê-se que “o processo da construção da ala pediátrica, além de moroso e envolto em polémica, teve opções que se revelaram desastrosas e, não obstante o clamor público, e a imperiosa necessidade de se iniciar a construção, tem encontrado as maiores dificuldades”.

A CDU lembra que “apesar da necessidade de melhorar os cuidados de saúde prestados às crianças no Serviço Nacional de Saúde no Norte do país e, em particular, no distrito do Porto”, este processo nunca avançou, estando em causa a construção de um espaço que visa “acolher crianças doentes e aí prestar cuidados de saúde num espaço acolhedor e apropriado para as crianças, e, simultaneamente, acomodar os pais”.

Após relembrar os últimos desenvolvimentos sobre o processo da ala pediátrica no São João, a vereadora comunista convidou a vereação a votar uma recomendação ao Governo para que este procedese “urgentemente” à emissão da portaria de extensão de encargos e de todos os atos e procedimentos administrativos necessários para que a administração do Hospital São João pudesse iniciar “o processo da construção da nova ala pediátrica”.

O ministro da Saúde comprometeu-se este mês, durante a audição na comissão parlamentar de Saúde, a lançar a obra da ala pediátrica do Hospital de São João até final da legislatura e disse que o “investimento está autorizado”, encontrando-se a ser ultimado o plano de investimento.

Na altura o PCP, PSD, CDS e Bloco de Esquerda lembraram ao ministro da Saúde, Adalberto Campos, que no final de Abril deste ano já havia dito que “em duas semanas” o investimento da ala pediátrica estaria resolvido, quando em julho “nada se encontra resolvido”.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas