MAIA: Mulher violada após sair do metro

A mulher, de 49 anos, tinha acabado de sair do metro, na estação do Parque da Maia, na cidade da Maia, e fazia o percurso para casa quando foi atacada por dois homens, esta quarta-feira de madrugada.

Sem hipótese de reação, a vítima foi arrastada até uma zona isolada e violada pela dupla. Após terem consumado o ato sexual forçado, os dois homens abandonaram a mulher no local e fugiram. O caso foi comunicado à PSP, mas a Polícia Judiciária do Porto foi depois acionada e assumiu a investigação.

O alerta foi dado à 01h30. Segundo o CM apurou, após ter sido atacada, em pleno Parque Urbano Novo Rumo, a vítima correu novamente até às imediações da estação do metro, onde pediu por socorro a um homem que passava e que, posteriormente, deu o alerta via 112.

O INEM foi chamado ao local e socorreu a vítima – que não apresentaria lesões graves visíveis. A mulher, que regressava a casa depois de um dia de trabalho, descreveu à PSP o que lhe terá acontecido e foi transportada até ao Hospital de São João, no Porto, sendo submetida a diversos exames médicos, que serão essenciais no desenrolar da investigação.

Aos polícias, a mulher garante que foi agarrada pelos braços, de forma a não conseguir resistir, e que um dos homens lhe tapou a boca para não gritar. Referiu que pensou que se trataria de um assalto, mas que acabou por ser levada para uma zona isolada do parque onde foi violada. A vítima acrescenta que nada lhe foi roubado.

 artigo CM

Notícias relacionadas