CUSTÓIAS: Um morto e cem pessoas evacuadas devido a incêndio num prédio

Fogo fatal lança pânico em Matosinhos Edifício em que vivem cem pessoas foi evacuado.
Durante três horas, cerca de cem moradores de um prédio da praceta de Avilhó, em Custoias, Matosinhos, tiveram de permanecer no exterior das casas devido a um incêndio que deflagrou num apartamento do 2º andar, esta quinta-feira de madrugada. As chamas mataram uma idosa, de 76 anos, e que foi a autora do fogo.

Segundo o CM apurou, a mulher tinha-se deslocado ao café, que fica localizado no rés do chão do prédio onde vivia, e incendiou uma lona na esplanada do estabelecimento. Os vizinhos aperceberam-se deste pequeno foco de incêndio e, depois de apagarem o fogo, ligaram para a PSP. Foi já no momento em que os polícias se encontravam no local, a registar a ocorrência, que começaram a sair chamas e fumo da janela do apartamento da idosa, que terá causado novo fogo.

Nessa altura, por volta da 01h30, acorreram três corporações de bombeiros que evacuaram aquele edifício e que acabaram por encontrar a moradora, sem vida, na banheira da casa. Não terá resistido à inalação de fumos. Os moradores apenas regressaram para as suas casas depois das 04h30.

PORMENORES
Chamas na marquise. As chamas terão deflagrado na marquise do apartamento. No local estiveram os bombeiros de Leça do Balio, S. Mamede de Infesta e Leixões. A Polícia Judiciária também foi chamada ao local. O corpo foi removido para autópsia pelos bombeiros.

Desavenças constantes A vítima mortal era conhecida na praceta de Avilhó como sendo uma mulher com “problemas psicológicos”. Tinha várias desavenças com vizinhos e com o dono do café. “Tinha um processo em tribunal contra ela”, disse o comerciante

Notícias relacionadas