Três anos e meio de prisão por abalroar carro da PSP e ferir dois polícias em Campanhã

O Juízo Central Criminal do Porto condenou a três anos e meio de prisão efetiva um condutor sem carta que transportava artigos furtados e abalroou um carro patrulha que lhe tentava barrar o caminho, ferindo dois polícias.

Numa nota divulgada na sua página da Internet, a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto explica que os factos ocorreram em 30 de agosto 2016, pelas 03:40, na rua das Águas Férreas de Campanhã, no Porto, e que o homem foi condenado pela prática de um crime de dano com violência.

O tribunal, refere a PGD, “considerou provado que o arguido, tripulando um veículo automóvel sem que possuísse carta de condução e transportando objetos subtraídos, abalroou propositadamente um veículo automóvel da PSP que obliquado na rua e com sinais luminosos rotativos ligados lhe vedava a passagem”.

Ficou ainda provado que da conduta do arguido resultaram ainda ferimentos e/ou lesões em dois agentes policiais.

Notícias relacionadas