Vídeo: Mulher que caiu do 27º andar era de Santo Tirso

A morte de Sandra Macedo, a professora portuguesa de 44 anos que caiu de uma varanda do 27º andar de um prédio, na Cidade do Panamá, quando tirava uma selfie, sexta-feira, deixou em choque família e amigos da mulher natural de Vila das Aves, Santo Tirso.

As autoridades continuam a investigar as circunstâncias, que apontam para um golpe de vento que levou ao desequilíbrio fatal. A família quer o corpo libertado pela Justiça para se dar início ao processo de trasladação para Portugal.

Sandra teria regressado de uma viagem a Espanha, de onde é natural o namorado, com quem vivia no Panamá, um dia antes do acidente fatal, uma queda superior a 70 metros, filmada por um homem que a tinha alertado para o perigo que corria.

Subscreve o nosso canal

Agora, uma das principais preocupações dos amigos em Portugal é ajudar os dois filhos e a mãe de Sandra Macedo. Esta mulher perdeu os dois filhos em dois anos, cuida do marido acamado e lida com uma depressão. “Com a tua morte, recordei-me do falecimento do teu irmão há dois anos. Que vai ser da minha amiga Rosinha que em dois anos perdeu os dois filhos que tinha?”, lamentou ontem uma amiga, nas redes sociais, numa publicação partilhada milhares de vezes não só como homenagem à vítima como também de apoio à mãe, cujo marido sofreu um AVC após a morte do filho há dois anos de ataque cardíaco. “Como pode uma mãe suportar esta dor enorme.

Agora que vais para a beira do teu irmão protege a vossa mãe para ter forças de cuidar do vosso pai”, desabafou a amiga.
[fvplayer src=”http://radioportuense.com/wp-content/uploads/2018/10/1024x576_MP4_5715646275958165302.mp4″ width=”1024″ height=”576″]

Notícias relacionadas