São perigosos, estão “potencialmente armados” e continuam a monte

Três suspeitos de dezenas de furtos a idosos no Grande Porto fugiram na tarde desta quinta-feira do Tribunal de Instrução Criminal do Porto (TIC), depois de o juiz de instrução lhes decretar prisão preventiva, revelou a PSP.

Após a fuga, a PSP já desencadeou uma operação de captura nas ruas do Porto. No terreno estão agentes fardados e à civil.

Trata-se de dois irmãos gémeos, mais um cúmplice, com antecedentes criminais, que foram esta tarde presentes ao juiz de instrução, depois de terem sido detidos em flagrante delito durante uma ação desenvolvida na terça-feira pela Divisão de Investigação Criminal da PSP, em Baguim do Monte, concelho de Gondomar, distrito do Porto.

PSP pede ajuda para capturar fugitivos

Em comunicado, a PSP alerta que “os indivíduos em fuga são considerados perigosos e potencialmente armados“, divulgando imagens dos mesmos. As autoridades pedem que quaisquer informações sejam comunicadas à Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto pelo telefone: 222 046 460 ou pelo e-mail bsp.dic.porto@psp.pt.

Os roubos ocorreram na zona oriental do Porto e em concelhos vizinhos, como Gondomar, Valongo ou Maia. O grupo tinha como alvos pessoas com idades entre 65 e 95 anos.

Notícias relacionadas