Fake news no sexo e redes sociais em debate no Salão Erótico do Porto

As fake news no sexo, a relação mulher, sexo e redes sociais ou como livrar-se de relações tóxicas são alguns dos temas em debate na área de conferências do Eros Porto 2019. Entre os convidados estão o apresentador Fernando Alvim, a youtuber e repórter do “5 para a Meia Noite” Beatriz Gosta e o sexólogo e psicólogo Fernando Mesquita, que integrou “Casados à Primeira Vista”.

O Salão Erótico do Porto, que se realiza de 7 a 10 de março, na Exponor, conta este ano com um programa alargado de atividades na Sex(y)Talk, a área de conferências do evento, onde serão  debatidos temas relacionados com a atualidade, sexualidade e relacionamentos. O objetivo é contribuir para a melhoria das relações e para uma opinião mais informada sobre cada tema.

Na abertura do evento, a 7 de março (21h30), fala-se de “Sexo nas Redes Sociais”, com a presença de Beatriz Gosta. A youtuber e repórter do programa “5 para a Meia-Noite” (RTP1) vai mostrar como uma mulher pode falar de sexo nas redes sociais de forma divertida e sem tabus e debater com o público até que ponto estamos a substituir o real pelo virtual. Já a fechar o programa, no último dia, a 10 de março (19h), é a vez de “Fernando Alvim pergunta: as fake news chegaram ao sexo?”. O conhecido apresentador de TV e Rádio vai discutir o fenómeno das notícias falsas relacionadas com o sexo, mostrando toda a verdade por detrás de tanta mentira.

Outra presença a não perder nesta edição do Salão Erótico do Porto é a de Fernando Mesquitasexólogo e psicólogo que integrou a equipa de especialistas do programa “Casados à Primeira Vista” (SIC). No sábado, dia 9 de março (20h), o especialista leva à Sex(y)Talk  o tema “Livre-se de relações tóxicas”. Para aprender como desintoxicar-se de relacionamentos que não valem a pena e conhecer as diversas personalidades amorosas que podem acabar com a vida da cara-metade.

Sexualidade e deficiência

Até que ponto é possível desassociar a incapacidade do prazer? As formas de atração, desejo e satisfação de pessoas com qualquer tipo de deficiência são os temas do debate “Sexualidade de pessoas com deficiência” (23h de 07/03), que coloca frente a frente Rui Machado, da Associação Vida Independente, e Raquel Pereira,investigadora da Universidade do Porto.

Ainda no primeiro dia fala-se do direito ao prazer em todas as esferas, da luta das minorias e das questões de género. Os avanços da comunidade LGBTQIA+ no país vão ser analisados pela educadora sexual Carmo Gê Pereira na conferência “LGBTQIA+:comunidade, resistência e prazer”.

E porque a importância do autoconhecimento do corpo é um dos ingredientes primordiais para sentir prazer,Aline Castelo Brancoeducadora sexual e apresentadora do “Pela Fechadura” (Canal Q) traz o workshop “O prazer é seu! O poder da masturbação”. A especialista vai ainda ensinar um método revolucionário para que o homem possa satisfazer a parceira tal como ela gostaria em “Como dar prazer à mulher”.

Do programa constam ainda as conferências “Novo conceito de higiene íntima para sexo anal”, com o especialista Marcos Castropil, e “Seja gerador de self-power sexual”, com o sexcoach Gino Esteves, para além dos workshops de Striptease, de Criatividade erótica: como degustar o mesmo prato várias vezes, dasexcoach Tarciana Chuvas, “Como ser profissional de BDSM” e “O teu fetiche é uma fantasia”, da dominadora portuguesa Mystress Sylvia.

O Eros Porto – Salão Erótico do Porto conta este ano com uma única área privada, dedicada às atividades mais explícitas, sendo os restantes espetáculos totalmente gratuitos. Vão estar disponíveis 7 áreas temáticas – Lésbica, BDSM, HotGay, Swinger, Extasia, Arte Erótica, Estúdio X (Porno) e Boulevard Erótico, para além de 8 palcos com espetáculos contínuos para todos os gostos. A animação habitual está a cargo de mais de 50 artistas, oriundos de 7 países: Portugal, Espanha, Brasil, Roménia, Itália, França e Alemanha.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas