Madonna acusa Portugal de ingratidão: “dei tanto a este país e em troca…nada”

“Dei tanto a este país e em troca nada”, disse Madonna em relação a Portugal.

A cantora tentou de tudo para que a Câmara de Sintra a voltasse atrás e a deixasse entrar com um cavalo num palacete para a gravação de um videoclip.

Mas…Basílio Horta não cedeu: “Há coisas que o dinheiro não paga”.

Tudo aconteceu porque Madonna tem como objectivo gravar o videoclip da canção “Indian Summer” e para tal pediu autorização à Câmara de Sintra para usar o hall principal do palacete da Quinta Nova da Assunção.

A produtora “Twenty Four Seven” enviou para a autarquia o pedido de reserva do espaço entre os dias 15 e 20 de março para poder realizar a filmagem “de uma cantora conhecida mundialmente”. Segundo o plano apresentado pela produtora, as gravações só aconteceriam nos últimos dois dias entre as 17 horas e as 7 da manhã.

A Câmara de Sintra analizou o pedido de filmagem e este foi aceite. Mas o“cavalo deitado no chão a interagir com a protagonista”, que seria filmado durante “um tempo de filmagem muito reduzido” de “entre uma hora e uma hora e meia” não podia acontecer “por motivos de segurança”, argumentou a Câmara.

O presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, não autorizou Madonna a levar um cavalo puro-sangue lusitano para dentro do palacete do século XIX para gravar uma parte do tal videoclip.

É que “o soalho de madeira assenta sobre uma caixa de ar e podia ser danificado.O piso do rés do chão assenta sobre estrutura de vigas de madeira, sendo a caixa de ar ventilada, portanto um piso não estabilizado estruturalmente, o que impede a utilização de atividades que provoquem vibrações”, lê-se no relatório.

Em declarações ao Expresso, Basílio Horta sublinhou que “há coisas que o dinheiro não paga.Em condição nenhuma deixaria entrar um cavalo no palácio, não tem qualquer sentido! A Madonna é uma artista, mas o palácio é de todos e não é para ser estragado”, argmentou.

O agente informou Madonna da decisão da Câmara por mensagem: “Desculpa, minha rainha. Estou a fazer o meu melhor. Telefonei a muita gente e enviei varias mensagens. Infelizmente, o homem que pode decidir não está disponível, mas em alguma altura vai estar”.

Mas a cantora não gostou da resposta: “Amanhã é tarde demais. Vamos filmar noutro lado. Esquece. Já dei tanto a este país e quando peço um favor simples de facto para mostrar Portugal ao mundo, a resposta que obtenho é negativa. A culpa é tua. Tu é que me convenceste a vir morar para cá”.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas