Fuzileiros portugueses resgatam português que estava desaparecido em Moçambique

Uma equipa de busca e salvamento constituída por quatro fuzileiros encontrou, esta manhã, a 60 km a oeste da cidade da Beira, na região de Bandua, o cidadão português que era dado como desaparecido pelo consulado português.

O cidadão português foi encontrado em situação estável e bem de saúde. O consulado português na Beira já foi informado do resultado desta operação.

Decorrente de uma solicitação do consulado português, a Força de Reacção Imediata planeou uma operação para tentar localizar o paradeiro do português que estava incontactável desde a passagem do ciclone.

Ao início desta manhã um helicóptero da Marinha indiana desembarcou a equipa de militares portugueses em Bandua, que ao fim de 3 horas de patrulhamento em terra detectaram e localizarem o português.

A equipa de busca e salvamento e o cidadão português ainda se encontram no ponto de reunião e serão recolhidos novamente por helicóptero, de uma ONG suíça (Mercy Air), pelas 16h locais (horas de Moçambique).

É expectável que os militares portugueses e o cidadão encontrado, que se reunirá com a sua família, aterrem, após as 16h locais, no aeroporto da Beira.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas