Obras para as ligações mecanizadas em Miragaia no Porto arrancam na quinta-feira

As obras para as ligações mecanizadas em Miragaia, que ligarão as cotas alta e baixa naquela zona da cidade do Porto, arrancam na quinta-feira e têm uma duração prevista de seis meses, informou esta terça-feira a autarquia.

A Câmara do Porto, que já tinha sido questionada pela Lusa sobre este tema no dia 13 de maio, informou esta terça-feira, em nota publicada na sua página na Internet, que a empreitada “Percursos Pedonais Ligações Mecanizadas – Miragaia” arranca na quinta-feira, permitindo “resolver os problemas entra a cota alta e baixa nesta zona da cidade”.

A intervenção que, segundo a autarquia, tem uma duração prevista de 180 dias, irá decorrer em três núcleos: Escadas das Sereias, Escadas do Monte dos Judeus e área adjacente e zona circundante às Ruas de Cidral de Cima e de Cidral de Baixo.

A empreitada representa um investimento municipal de mais de 677 mil euros.

De acordo com o município, “os trabalhos visam, de uma forma geral, a reformulação e o redesenho das cotas e dos degraus das zonas intervencionadas, através da introdução de escadas mecanizadas, da inserção de novos elementos como rampas, da reconversão paisagística e da limpeza, tratamento e recuperação de pavimentos e das estruturas existentes”. 

A empreitada, que estará a cargo da empresa Atlantinível, vencedora do respetivo concurso público, enquadra-se “numa estratégia geral de desenvolvimento de uma rede interligada de percursos pedonais assistidos por meios mecanizados numa das zonas com orografia mais difícil do centro do Porto”. 

A autarquia recorda que um estudo encomendado pela Câmara do Porto em 2015 identificou na zona de Miragaia uma população envelhecida e com dificuldades de acesso ao Hospital de Santo António, bem como a outros equipamentos existentes na cota alta, um problema que, sublinha o município, “será resolvido por esta via”, e a que acresce o interesse turístico que potencia.

O primeiro concurso que estipulava o valor base de 549 mil euros para as ligações mecanizadas de Miragaia foi lançado em setembro de 2018, mas ficou deserto.

Já em janeiro, a Go Porto, responsável pela gestão da empreitada, revelou ter lançado um segundo concurso para os “percursos pedonais/ligações mecanizadas” de Miragaia, aumentando em 251 mil euros o valor base da obra e em três meses a sua execução.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas