Estamos a desenvolver um novo osso devido ao uso excessivo do telemóvel

Já se sabe que as novas tecnologias como os telemóveis mudaram a nossa forma de vida – seja no trabalho, na comunicação, nas relações. Mas ainda não sabemos o suficiente sobre o modo como as pequenas máquinas que usamos constantemente estão a remodelar os nossos esqueletos, possivelmente alterando mais do que comportamentos e também o próprio corpo humano.

Novas investigações científicas apontam que os jovens estão a desenvolver espinhos semelhantes a chifres na parte de trás do crânio – são esporões ósseos causados pela inclinação frontal da cabeça, que desloca o peso da coluna para os músculos da cabeça, causando crescimento ósseo nas ligações de tendões e ligamentos. A transferência de peso que causa o acumulado pode ser comparada à maneira como a pele engrossa com um calo. O resultado é um gancho ou uma ponta semelhante a um chifre que sai do crânio, logo acima do pescoço.

Numa série de trabalhos académicos, um grupo de investigadores da Universidade de Queensland, na Austrália, argumenta que a prevalência do crescimento ósseo em jovens adultos aponta para uma mudança corporal provocada pelo uso da tecnologia moderna. Dizem os cientistas que os smartphones e outros dispositivos estão a contorcer a forma do esqueleto humano, ao exigir que os utilizadores inclinem a cabeça para entender o que acontece nos minúsculos ecrãs.

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas