Fogo reacende em edifício na Rua da Alfândega e danifica prédio contíguo

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto afirmou à Lusa que as chamas causaram danos nos terceiro e quarto andares de um edifício devoluto na Rua Nova da Alfândega, não causando nenhuma vítima.

Segundo a mesma fonte, o alerta para o fogo foi dado às 05:44, estando esta manhã, pelas 11h, a ser combatido por 24 bombeiros dos Sapadores do Porto, apoiados por sete viaturas.

A mesma fonte da PSP do Porto confirmou que o edifício hoje danificado pelo fogo fica ao lado do prédio de quatro pisos que ficou destruído na madrugada de quarta-feira, na sequência de um incêndio.

A Polícia Judiciária (PJ) esteve na quarta-feira no local e concluiu que, naquele edifício devoluto, mas com uma mercearia no rés-do-chão, as chamas começaram devido a um problema elétrico, considerando não existirem vestígios de “situação dolosa”.

A imprensa diária refere hoje que para aquele edifício destruído pelo fogo está projetado um hostel, sendo que os pisos “já se encontravam num estado avançado de remodelação”, de acordo com o comandante dos Sapadores.

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas