UNITE with Tomorrowland proporcionou dia mágico a 15 mil pessoas no Porto

A primeira edição do UNITE with Tomorrowland em Portugal teve lotação esgotada. Cerca de 15 mil pessoas uniram-se ao maior festival de música eletrónica do mundo a partir do Parque Oriental do Porto e celebraram tarde e noite dentro, envolvidos num ambiente de pura fantasia.

O palco Amicorum Spectaculum, estrutura com cinquenta metros instalada no grande anfiteatro natural do Parque Oriental, foi o centro das atenções dos festivaleiros que, durante consecutivas horas, embarcaram numa viagem fantástica até aos horizontes místicos de Espanha (Barcelona), Grécia (Atenas), Malta (Marsa) e Bélgica (Boom), nos arredores da Antuérpia, terra-mãe do Tomorrowland.

Entre bandeiras esvoaçantes, símbolos últimos da capacidade que o evento tem para unir em celebração público de todo o mundo, o cartaz foi alternando entre DJs nacionais e internacionais ao vivo no palco – Miguel Rendeiro, Diego Miranda, Martin Solveig, Robin Schulz, Alok e Carnage – com várias ligações diretas via satélite ao palco principal do Tomorrowland na Bélgica.

Vini Vici, David Guetta e Dimitri Vegas & Like Mike, o trio de nomes sonantes que se mostraram a partir da cidade de Boom, proporcionaram também momentos únicos ao público do Porto. Durante as atuações do palco principal, os ecrãs gigantes não só iam mostrando como o público da Bélgica fazia a festa (mesmo com chuva, como se constatou), como também permitiram ao público português interagir com os fãs de Espanha, Grécia e Malta.

Além da música e dos efeitos especiais em palco, a magia do UNITE with Tomorrowland tomou conta do Parque Oriental. Homens em andas, cuspidores de fogo, mulheres malabaristas, monociclos conduzidos por palhaços, compunham algumas das performances circenses que animavam o recinto. De noite, mais um atrativo se juntou à festa: o balão de ar quente “Porto.”, que proporcionou a quem nele voou uma panorâmica única sobre espaço e uma vista privilegiada para o palco.

Pelo Parque Oriental do Porto passaram neste sábado 15 mil pessoas, tendo sido esta a primeira vez que um evento desta dimensão ali foi realizado.

A descentralização de iniciativas é uma estratégia que o Município do Porto tem vindo a seguir nos últimos anos, através de eventos de qualidade e prestígio que se adaptem à atual dinâmica da cidade e sirvam de mote à descoberta e vivência de novos espaços e territórios.

Segue-nos e partilha:

Notícias relacionadas