Detido por violar duas mulheres em casa devoluta em Gaia

A Polícia Judiciária (PJ) do Porto deteve um homem, de 51 anos, suspeito de ter praticado dois crimes de violação agravada, ocorridos entre 13 e 30 de agosto, em Vila Nova de Gaia, anunciou hoje aquela polícia.

No comunicado, a PJ informa não haver registo de “qualquer ocupação ou profissão” do detido, que apresenta também “paradeiro incerto”, tendo os alegados crimes ocorrido “numa casa devoluta e isolada”.

A investigação teve início após a “apresentação recente de queixas, por parte de duas vítimas, que o agressor conheceu em cantinas de ação social”, acrescenta o documento.

Segundo a PJ, o “suspeito ter-se-á aproveitado da fragilidade física, emocional e situação social de abandono, conseguindo atrair as vítimas para uma casa abandonada e ilicitamente ocupada pelo mesmo, onde, com recurso a força física e ameaças, as violou”.

Na nota de imprensa, a polícia de investigação admite a existência de “mais vítimas, que tenham apresentado queixa junto das autoridades”.

O detido, “com antecedentes criminais”, irá ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação, refere ainda a comunicação da PJ.

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas