Patrões acusados de homicídio de mulher decapitada em Matosinhos

Um homem paquistanês e uma mulher tailandesa foram, quinta-feira, acusados em co-autoria do homicídio e profanação do cadáver de uma funcionária da casa de massagens que exploravam, em Matosinhos. A cabeça da mulher foi encontrada na praia de Leça da Palmeira, em março deste ano.

De acordo com a acusação do Ministério Público, “entre 28.12.2018 e 07.03.2019, na dita casa de massagens, o arguido e a arguida mataram a dita colaboradora tailandesa, após o que cortaram o cadáver aos pedaços, decapitaram-no e colocaram no congelador pelo menos a cabeça”, lê-se numa nota divulgada pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Posteriormente, continua o texto, os arguidos “desfizeram-se dos pedaços de cadáver, deixando a cabeça acondicionada num saco plástico, dentro ou ao lado de um contentor colocado no areal da praia de Leça da Palmeira, a qual viria a ser encontrada no dia 07.03.2019”.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas