Dois sentidos na Rua de Camões no Porto leva a mudar percursos nos STCP

A madrugada desta quarta-feira traz novidades ao trânsito do centro do Porto com a passagem da Rua de Camões a dois sentidos de circulação, de modo a escoar mais facilmente a saída da cidade.

A partir das 6 horas, entra em vigor a introdução do duplo sentido naquela artéria, logo acima do viaduto de Gonçalo Cristóvão. É assim dada por concluída a empreitada de beneficiação da Rua de Camões, que envolveu o reajustamento da circulação nas ruas adjacentes e vem agora permitir um novo esquema de escoamento do trânsito a partir do centro da cidade, contrariando o entupimento crónico de algumas ruas da Baixa.

Assim, os automóveis que se dirijam para Norte passam a beneficiar de uma alternativa à Rua de Faria Guimarães, sendo que as melhorias serão significativas tanto para os condutores que tenham como trajeto a Rua da Constituição em direção a Poente como para os que sigam em direção à Via de Cintura Interna (VCI), Marquês, Costa Cabral ou Latino Coelho.

As mudanças ao pormenor

A via de subida pela Rua de Camões terá como destino privilegiado a zona Norte/Amial e Poente/Boavista (via Constituição), enquanto que a Rua de Faria Guimarães terá como destino indicado a zona Norte/VCI-Asprela e Nascente/Marquês-Antas.

Ao definir dois sentidos de trânsito para a Rua de Camões, a autarquia pretende resolver problemas de engarrafamento frequentes por estacionamento abusivo em segunda fila. Nesta nova configuração, mantêm-se lugares de estacionamento no sentido ascendente, com alguns especificamente reservados a “cargas e descargas”, como indica a informação inscrita no pavimento.

Com esta empreitada e as respetivas alterações de trânsito, está estimada uma redução de cerca de 30% no volume de tráfego na Rua de Faria Guimarães, o que terá como efeito uma maior fluidez neste eixo e, consequentemente, menos congestionamento e menor probabilidades de sinistralidade rodoviária.

Também nesta quarta-feira, a circulação automóvel na Rua de Damião de Góis passa igualmente a ter dois, mas apenas no troço entre a Rua de São Brás e a Rua de Antero de Quental.

Adaptação nos trajetos da STCP

As alterações à circulação automóvel na Rua de Camões implicam também uma revisão dos trajetos das linhas da STCP que utilizam esta artéria. Assim, a frequência da linha 703 na direção Sonhos – Cordoaria é assegurada de 30 em 30 minutos nos dias úteis, entre as 6 e as 21 horas. Ao fim de semana, a oferta é mais reduzida, mas o período de funcionamento é o mesmo. Já no sentido inverso, Cordoaria – Sonhos, o percurso é alterado entre as paragens Trindade e Marquês, da Rua de Faria Guimarães para a Rua de Camões.

Por seu turno, a linha 11M mantém o percurso pela Rua de Faria Guimarães.

Brevemente, a partir da próxima terça-feira, dia 3 de dezembro, a Rua de Antero de Quental fica com corredor exclusivo para BUS no sentido ascendente (ou sentido Norte), entre a Lapa e Damião de Góis, numa extensão de cerca de 420 metros, onde circularão as linhas 600, 304 e 4M.

Todas estas alterações resultam da empreitada de “Beneficiação das Ruas de São Brás, Damião de Góis, Camões e outras”, iniciada a 26 de março sob gestão da GO Porto – Empresa Municipal de Gestão e Obras do Porto.

Artigo Fonte: PORTO.PT

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas