40 anos de Fantasporto. Está de regresso o cinema fantástico na Invicta

Múltiplas sessões de cinema, uma homenagem, um documentário e um livro resumem aquilo que será a 40ª edição do clássico festival português, que decorre todos os anos no Porto.

Mário Dorminsky e Beatriz Pacheco Pereira apresentaram na passada quarta feira, mais uma conferência para o clássico festival de cinema que ocorre na cidade do Porto. Começando por uma breve contextualização daquilo que é o Fantasporto e tudo o que já alcançou e foi feito ao longo destes anos, a programação da 40ª edição foi finalmente divulgada pelos criadores do mesmo. 

A diretora do festival revelou que este ano o festival irá ter 77 sessões e começará com 3 filmes clássicos, nomeadamente “ O Drácula de Bram Stoker “ dirigido por Francis Ford Coppola, “ Raging Bull “, um dos filmes mais emblemáticos de Martin Scorcese e também terá o famoso “ Blade Runner “ de Ridley Scott, que serão exibidos nos primeiros três dias do festival. 

A nível de cinema português, serão apresentados 40 filmes, todos estes inéditos e duas longas metragens, onde 57 cineastas portugueses terão a oportunidade de verem os seus filmes a serem exibidos. As escolas e universidades que mandam os seus filmes este ano terão a oportunidade de concorrer a dois prémios em simultâneo, o de melhor filme e o de melhor escola, devido à fusão das duas categorias.

Esta edição contará também com uma homenagem a Julian Richards, que irá receber o prémio carreira do festival, ao já estar presente no Fantasporto há sensivelmente 20 anos, ou seja, já participa em metade da história deste evento. “ É um dos maiores distribuidores de cinema fantástico do mundo “, afirma Beatriz Pacheco Pereira sobre o realizador galês. 

Para além disso, na categoria de filmes fantásticos, um dos nomes que soa de volta ao evento é o de Carlos Alberto, que segundo Pereira irá trazer filmes verdadeiramente “ loucos e extravagantes “, mas a mesma não deixa de reforçar que estes serão bons filmes. 

Programação FANTASPORTO 2020

Após uma cuidada seleção, a semana dos realizadores irá ter 37 filmes, com os mais variados temas que formam a nossa atualidade. A sustentabilidade, o ambiente, o tratamento infantil, a exploração do ser humano e a importância das redes sociais nos relacionamentos humanos, serão alguns dos temas que serão abordados ao longo da semana do Fantasporto. 

Foi anunciado também por Beatriz Pacheco Pereira aquela que “ é a prenda mais bonita para comemorar os 40 anos”, que é a realização de um documentário elaborado por Isabel Pina, com o título de “ 40 anos de Fantasporto “ . Além disso, será apresentado o livro escrito pela diretora do festival ,que segundo a mesma “ será para todas as pessoas que querem saber mais sobre a história do Fantasporto “.

O evento tem início na sexta feira, dia 25 de fevereiro e termina na semana seguinte, no dia 8 março. Mais uma vez irá decorrer no teatro Rivoli, no centro da cidade do Porto e promete ser uma semana onde acima de tudo se vai viver muito cinema. 

Artigo por: Sandra Seidi | Rádio Portuense

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas