Trabalhadora do aeroporto Francisco Sá Carneiro infetada com Covid-19

Uma trabalhadora da empresa de serviços aeroportuários Portway, que opera no aeroporto Francisco Sá Carneiro, está infetada com o novo coronavírus.

A confirmação foi dada pela Portway em comunicado enviado às redações, no qual enumera as medidas que integram o plano de contingência entretanto acionado, em colaboração com as autoridades de saúde, e garante estar a fazer “todos os esforços possíveis” para conter a propagação do vírus.

“A trabalhadora em causa já estava em casa, em situação de isolamento, antes de ter confirmado positivo”, pode ler-se na nota da Portway, que “está a avaliar todos os impactos que esta situação possa vir a ter na operação da companhia”. A evolução da situação está a ser “acompanhada em permanência e a ser gerida de acordo com as recomendações das autoridades de saúde”, pode ler-se.

Todos os esforços estão mobilizados para gerir esta situação da melhor maneira possível, contendo a progressão do surto da forma mais adequada.

Além deste novo caso, a empresa dá conta de outros casos positivos da doença, desta feita em “candidatos em formação inicial na unidade do Porto”, que decorria num edifício externo ao aeroporto. O edifício em causa “foi de imediato encerrado e desinfetado e vai manter-se fechado até novas indicações”.

“Todos os trabalhadores dessas instalações foram colocados em quarentena profilática. Também foram contactados todos os formandos e trabalhadores com quem os formandos infetados possam ter interagido para que entrem em contacto com o SNS24 e sigam as indicações de forma absolutamente rigorosa”, conclui.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas