Vinho do Porto entrega 55 mil litros de gel desinfetante produzida de aguardente vínica a 15 hospitais

A Associação das Empresas de Vinhos do Porto (AEVP) iniciou esta semana a “entrega gratuita de 55.000 litros de gel desinfetante a 15 unidades hospitalares do Norte de Portugal envolvidas no combate à Covid-19.

“Algumas empresas” do setor foram contatadas pelo Hospital de São João, no Porto, no sentido de lhes ser fornecido gel desinfetante, “um produto de que tinham muita falta”, explicou hoje à agência Lusa a diretora executiva da AEVP, Isabel Marrana.

As companhias cederam a aguardente vínica que tinham em “stock” e foi então possível criar uma loção desinfetante que o “Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde e a Direção-Geral da Saúde aprovaram” e que já começou a ser distribuído.

A entrega ficou a cargo da AEVP e abrange os hospitais que foram indicados pela Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), tendo esta “ação pioneira” sido montada já há uma semana.

A ARSN também recebeu uma parcela desse gel para o distribuir como melhor entender.

Essas empresas utilizam “aguardente vínica a 77 graus” para produzir vinho do Porto e “têm sempre pequenos stocks para retificar o vinho, para o seu envelhecimento”.

“Nesta ação de solidariedade participaram as empresas Adriano Ramos Pinto, Barão de Vilar, Gran Cruz, Niepoort Vinhos, Quinta do Noval, Real Companhia Velha, Rozès, Sociedade dos Vinhos Borges, Sogevinus Fine Wines, Sogrape Vinhos, Symington Family Estates, The Fladgate Partnership”, informou a AEVP.

“Foi uma forma de abrir caminho para que outras entidades públicas e privadas” possam alargar a produção do gel desinfetante que falta nos hospitais mobilizados para o combate à Covid-19.

“O sector comercial do Vinho do Porto está solidário e empenhado em vencer um dos mais difíceis desafios da nossa história. Somos uma indústria que alia a tradição à inovação e na nossa história temos sabido dar testemunho solidário e responsável para com todos. Hoje fazemo-lo mais uma vez”, refere a AEVP.

Isabel Marrana informou ainda que já antes a associação tinha posto a circular a receita de um produto feito de álcool vínico, glicerina e água para ser usado na desinfeção das instalações das próprias empresas de vinho do Porto.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas