Fica a conhecer os novos sinais de trânsito que entram em vigor na próxima semana

ão dezenas de novos sinais de trânsito que vão entrar em vigor a partir da próxima segunda-feira, dia 20, mesmo numa altura em que a circulação rodoviária está condicionada devido ao estado de emergência. A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária dá a conhecer, através de uma campanha denominada “Novos sinais, maior segurança” a nova sinalização que os condutores vão passar a encontrar.

Nos novos sinais, a ANSR destaca o sinal H46 – Zona residencial ou de coexistência – que “indica a entrada numa zona de coexistência, concebida para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito estabelecidas no Código da Estrada”.

Estas novas zonas partilhadas por peões e veículos têm de ser aprovadas pela ANSR. “A implementação destas zonas, de uma forma tecnicamente suportada, contribui para a melhoria da segurança rodoviária dentro das localidades, nomeadamente dos utilizadores vulneráveis”, diz a entidade.

Outras novidades em sinais irão surgir em áreas onde possam ocorrer “situações de especial perigosidade”, com a possibilidade de haver a “inscrição de sinais de trânsito no pavimento, designadamente do sinal que indica a proibição de exceder a velocidade máxima”.

São também introduzidos novos sinais de informação, novos símbolos de indicação turística, geográfica, ecológica e cultural, bem como a representação gráfica dos sinais dos condutores, dos agentes reguladores do trânsito e dos sinais luminosos.

Pode consultar todos os novos sinais nesta publicação da ANSR a que pode aceder aqui

http://www.ansr.pt/SegurancaRodoviaria/RegulamentoSinalizacaoTransito/RegulamentoSinalizacaoTransito/Novos%20Sinais%20RST.pdf

Diz a ANSR que a nova sinalização “visa o aperfeiçoamento e a atualização da sinalização rodoviária em conformidade com o Código da Estrada e em alinhamento com os objetivos do Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária – PENSE 2020”.

A campanha, a decorrer entre os dias 14 e 20 de abril, será “divulgada por meios digitais, através da publicação em jornais digitais, assim como nos websites e redes sociais da ANSR e de várias entidades parceiras.”

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas