José F. Rio: “A grandeza do FC Porto está ameaçada. Temos que continuar a investir nas mais diversas áreas.”

José Fernando Rio, candidato à Presidência do Futebol Clube do Porto, deu ontem ao Portal dos Dragões / Rádio Portuense uma entrevista bastante incisiva sobre as suas pretensões eleitorais.

Numa conversa que durou pouco mais de uma hora, o candidato pela lista C esclareceu os adeptos do clube sobre os mais variados temas.

  • “Pinto da Costa perdeu a capacidade de se re-inventar”
  • “Pretendo evitar confusões entre o Clube e a SAD e negócios entre familiares”
  • “Eu estive no Porto Canal desde a sua fundação”
  • “Há 4 anos votei em Jorge Nuno Pinto da Costa mas estes últimos anos foram uma desilusão”
  • “Se o FC Porto entrar para ganhar nas competições europeias, vai sempre chegar mais longe “
  • “Vamos ter dois vice-presidentes muito competentes para a área financeira”
  • “As pessoas que estão à frente da SAD não se podem estar sempre a endividar”
  • “O problema tem que ser resolvido com os credores e os sponsors”
  • “Não podemos estar de costas voltadas com os nossos parceiros”
  • “A remuneração dos administradores da SAD tem que ser justa”
  • “O clube se não investir morre. Temos que continuar a investir nas mais diversas áreas do FC Porto.”
  • “O FC Porto pode colocar os passes dos jovens jogadores num fundo para reinvestir nas suas estruturas quando forem vendidos”
  • “O FC Porto pode abrir o seu capital a investidores, mas sempre em posição minoritária”
  • “O FC Porto precisa de alterações no departamento de scouting: internamente e externamente.”
  • “Não podemos só ter jovens da formação na nossa equipa principal. Tem que haver um equilíbrio.”
  • “Não considero os empresários nefastos. Temos que trabalhar no mercado livre.”
  • “A equipa B tem que ajudar na formação entre o futebol jovem e o futebol profissional. Isso não está a acontecer hoje em dia.”
  • “O Sérgio Conceição é o meu treinador até ao final da época. Depois logo se vê.”
  • “O FC Porto não pode deixar situações contratuais chegar ao limite.”
  • “Temos que dar aos jogadores da nossa formação condições análogas ou superiores às dos nossos rivais”
  • “Sem uma academia ficamos para trás”
  • “A comunicação do FC Porto trabalha bem, mas falta mais a voz do Presidente”
  • “Há um clube que controla o futebol português e até aspectos judiciais e políticos”
  • “Não é possível estabelecer nenhuma relação institucional com o Benfica.”
  • “Teremos novas modalidades no FC Porto. Tanto na vertente masculina como feminina.”
  • “Teremos um vice-presidente e 3 directores em exclusivo para a gestão das modalidades”
  • “Queremos ter uma equipa de futsal, uma de voleibol masculino e uma equipa de futebol feminino”
  • “Rui Pinto não deve ser olhado como um criminoso. Espero que haja justiça e que não seja alvo de clubismos.”
  • “O FC Porto pode beneficiar com a centralização dos direitos de transmissão televisivos”
  • “O Pedro Proença cometeu um erro ao avançar com a tentativa de haver jogos em sinal aberto sem falar com todas as partes envolvidas”
  • “Há clubes que não gostam de Pedro Proença”
  • “Portugal é um país muito centralista. Em Lisboa não admitem que a sede da Liga de Clubes seja no Porto.”
PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas

Leave a Comment