Identificado manifestante que exibiu cartaz “polícia bom é polícia morto” no Porto

A PSP identificou o portador de um dos cartazes de incentivo à violência contra polícias exibidos na manifestação deste sábado contra o racismo, no Porto.

As autoridades esclarecem, em comunicado, que não procederam à identificação e detenção dos suspeitos enquanto a manifestação decorria por considerarem que “essa intervenção poderia ser incorretamente interpretada”.

Segundo o comunicado, é provável que outros suspeitos sejam ainda identificados. Os factos foram já comunicados ao Ministério Público da Comarca do Porto e será ainda apresentada queixa “relativamente aos ilícitos criminais”.A autoridade esclarece ainda que “repudia qualquer tipo de extremismo e discriminação, independentemente de terem por base questões rácicas, políticas, profissão religiosa, nacionalidade, de orientação sexual, desempenho profissional ou outras” bem como “qualquer apelo à violência ou uso de violência, independentemente dos seus autores, por não serem admissíveis num Estado de direito”. 

De recordar que em causa estão cartazes com mensagens que incitam ao ódio contra as autoridades. Uma dessas mensagens, amplamente divulgadas, afirma: “polícia bom é polícia morto”. 

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas