Cidade do Porto: nova loja amiga do ambiente

Há uma nova loja no Porto, chamada Araucana, que transforma roupas usadas em novas.

De acordo com o jornal online Eco, esta nova loja trabalha com moda slow fashion. A slow fashion (moda lenta) propõe um modelo de produção que valoriza quem faz, valoriza os processos, respeita o tempo real de produção e a cultura local. Normalmente as marcas utilizam mais tempo de produção para garantir mais criatividade, qualidade e reduzir os impactos. Desta forma a Araucana produz roupa de forma sustentável e única.

Esta loja conta com um estúdio de upcycling, onde dá-se vida as peças que os clientes querem ver renovadas.

A fundadora Alexandra Alves diz “a Araucana acredita em ética, no comércio justo e na transparência ao longo da cadeia de valor.” e que o seu principal objetivo é “encher o Porto de mulheres bonitas, elegantes e requintadas que sabem vestir com arte, mas com uma forte consciência ética e ambiental”.

O nome Araucana surgiu de um poema de Plablo Neruda: “Talvez tu não saibas, araucana/ que quando, antes de te amar, me esqueci dos teus beijos/ meu coração ficou recordando tua boca” [in Cien Sonetos de Amor, Pablo Neruda], revelando que “uma mulher verdadeiramente elegante é aquela que prende num segundo olha”, Alexandra Alves diz que este poema traduz o espírito da sua marca.

A loja está aberta de terça-feira a sábado, das 12 às 18 horas, às sextas e sábados fecha às 20 horas.

Fica situada na Rua dos Caldeireiros nº108, perto da Capela da Nossa Senhora da Silva.

Foto: Nit

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas