Porto: durante o fim-de-semana, 16 ruas passam a ser zonas pedonais

A partir de amanhã, a cidade do Porto transforma 16 ruas da baixa e do centro histórico, em zonas pedonais durante os fins-de-semana.

Segundo o jornal Público, Rui Moreira anunciou um medida no fim de Maio, ao que chamou de “plano de resgate do espaço público” e no inicio deste fim-de-semana irá entrar em vigor uma medida. Entre as 8 horas de sábado e as 20 horas de domingo, a baixa e o centro histórico passam a ter outra funcionalidade.

Esta medida vem de encontro a outras já implementadas, como por exemplo o incentivo ao uso da ciclovias.

Nas zonas pedonais será ainda instalado “novo mobiliário urbano, temporário e amovível, para um usufruto mais confortável do espaço”. Os carros dos moradores, podem circular nesta área a vontade, desde que a velocidade máxima seja de 20 quilómetros por hora. As cargas e descargas estão autorizadas entre as 6:30 horas e as 11 horas de sábados e domingos.

As ruas que serão fechadas durante o fim-de-semana são:

– Rua de Cedofeita, no troço compreendido entre a Rua de Álvares Cabral e a Rua do Breiner. 
– Rua do Breiner, no troço compreendido entre a Rua de Cedofeita e a Rua do Rosário.
– Rua de Miguel Bombarda, no troço compreendido entre a Rua do Rosário e a Rua de Diogo Brandão.
– Rua de Conde de Vizela, Rua da Fábrica e Rua de Santa Teresa.
– Rua de Avis, no troço compreendido entre a Rua de Santa Teresa e a Praça de D. Filipa de Lencastre (arruamento sul).
– Rua do Almada, no troço compreendido entre a Rua do Dr. Ricardo Jorge e a Rua de Ramalho Ortigão.
– Rua da Picaria.
– Rua de Passos Manuel.
– Rua do Ateneu Comercial do Porto.
– Rua do Dr. António Emílio de Magalhães.
– Passeio das Virtudes e Rua do Dr. Barbosa de Castro.
– Rua dos Caldeireiros, no troço compreendido entre a Rua de S. Bento da Vitória e a Rua da Vitória.
– Avenida Rodrigues de Freitas, no troço compreendido entre a Rua de D. João IV e a Rua do Duque de Saldanha.

Foto: Miguel Nogueira/CMP

Notícias relacionadas

Leave a Comment