Novo confinamento dura 1 mês e escolas não fecham até aos 12 anos

O governo e lideres políticos reuniram-se, esta terça-feira, com os especialistas no Infarmed para avaliar a situação epidemiológica da covid-19 em Portugal. Esta reunião antecede a decisão sobre as medidas que vão definir o novo confinamento.

A reunião que uniu o governo e restantes lideres políticos no Infarmed resultou em alguns cenários um pouco pessimistas sobre o desenrolar da pandemia em Portugal.

Ainda assim, Manuel Carmo Gomes, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, adianta que mesmo com o país confinado, é inevitável que os internamentos em cuidados intensivos atinjam os 700 e que o país ultrapasse as 140 mortes diárias. Sendo que a previsão a 24 de janeiro é de existirem 154 óbitos.

Sobre o funcionamento das escolas, não há ainda dados concretos, o primeiro ministro apenas disse que as escolas com alunos até aos 12 anos não vão fechar. Para o ensino secundário e superior, ainda há dúvidas que serão discutidas nas próximas reuniões.

O primeiro ministro adiantou, ainda, que as novas medidas do confinamento serão preparadas com o prazo de duração de um mês.

Fonte: JN

Notícias relacionadas