Escola Básica de Costa Cabral fechada por falta de funcionários

A escola Escola Básica Costa Cabral, no Porto, está esta quinta-feira fechada devido à falta de funcionários. Devido a baixas médicas alguns funcionários não foram trabalhar. Por esse motivo, a escola encontra-se encerrada. Segundo a responsável do estabelecimento, Lúcia Pinto, deveriam estar ao serviço 11 auxiliares de educação, mas estão apenas seis, o que “impossibilita o funcionamento da escola”. Os pais dos alunos relatam que se sentem inseguros com a falta de funcionários na escola, e há que crianças que sofreram acidentes dentro do estabelecimento de ensino. Lúcia Pinto disse…

Ler mais

Férias do Natal têm três semanas. Este é o calendário escolar do próximo ano lectivo

Foi publicado, esta terça-feira, em Diário da República o calendário escolar do ensino público para o próximo ano letivo. Nas férias do Natal, há três semanas sem aulas. O primeiro período tem início entre 10 e 13 de setembro e termina a 17 de dezembro de 2019. O segundo período inicia-se a seis de janeiro de 2020 e termina a 27 de março (com interrupção letiva entre 24 e 26 de fevereiro) O terceiro período começa a 14 de abril de 2020 e termina a quatro de junho, para os alunos do 9.º, 11º e 12º ano; nove de junho para os alunos do 5.º, 6.º,…

Ler mais

Aluno que agrediu professor no Porto fica suspenso

O aluno de 12 anos do que bateu num professor numa escola básica do Porto foi suspenso preventivamente, avança o Jornal de Notícias, que cita fonte do Ministério da Educação (MP). O caso está a ser investigado pelo MP e PSP, e o estudante tem um processo disciplinar na sequência das agressões. Na semana passada, um aluno do sexto ano da Escola Básica Francisco Torrinha bateu num professor de 63 anos na sala de aula, agredindo-o com socos e pontapés nos testículos. No dia do ataque, o rapaz estava a brincar com uma bola dentro…

Ler mais

Aluno de 12 anos agride professor a soco e pontapé numa escola do Porto

Uma criança de 12 anos agrediu o professor de Educação Visual e de Educação Cívica por não ter gostado de ter sido repreendido pelo docente. O incidente aconteceu na passada sexta-feira na Escola Básica Francisco Torrinha, no Porto, quando o aluno partiu uma lâmpada no teto com uma bola, durante uma brincadeira ao entrar na aula. Segundo o Jornal de Noticias, o professor disse ao aluno que este teria de pagar a lâmpada, hipótese recusada pela criança que, apesar de estar na sala, ligou ao pai. Entretanto, voltou a brincar…

Ler mais

Está no Porto a melhor escola pública

Fica no Porto a melhor escola pública nos exames nacionais de 2018: a Escola Básica e Secundária Clara de Resende, com 488 exames realizados, ficou em 27.º lugar com uma média de 12,88 valores, sendo a única escola pública entre as 30 melhores, mas ainda assim a surgir um lugar acima da escola pública melhor classificada em 2017, que foi a Secundária Garcia de Orta, também no Porto. Veja aqui o ranking. Na análise da Lusa aos dados do Ministério da Educação, tendo em conta os resultados dos alunos internos das…

Ler mais

Alunos revoltados com as condições da cantina na Aurélia de Sousa

Os alunos da Escola Secundária Aurélia de Sousa, no Porto, foram surpreendidos quando, por volta da hora de almoço desta segunda-feira, lhes foi informado que a refeição seria apenas um hambúrguer. Este acontecimento aconteceu na sequência de uma falha técnica no fornecimento de gás. “Fomos avisados à hora de almoço que não íamos ter uma refeição completa”, disse uma aluna do estabelecimento de ensino, que garantiu que informaram os estudantes que só haveria carne e salada para o almoço. O Jornal de Noticias refere que apesar dos pedidos de esclarecimento, ninguém…

Ler mais

Ministério pede esclarecimentos a inquérito sobre orientação sexual de alunos do Porto

A Associação de Pais da Escola Básica Francisco Torrinha, no Porto, considerou esta quarta-feira “desadequado” o inquérito em que “uma turma do 5.º ano” é questionada sobre a sua opção sexual, indicando que será a tutela a “esclarecer a situação”. “O inquérito é, de facto, desadequado para uma turma do 5.º ano, mas os pais estão calmos e a maior parte dos alunos não percebeu bem a questão que lhe foi colocada. O Ministério da Educação [ME] está a par e vai agora tentar esclarecer a situação”, disse à Lusa uma…

Ler mais

PORTO: Escola terá questionado alunos de nove anos sobre a sua orientação sexual

A Escola Básica Francisco Torrinha, no Porto, terá entregado aos seus alunos uma “ficha sociodemográfica” em que pergunta se se sentem atraídos por homens, mulheres ou por ambos, questionando ainda se namoram ou se já namoraram anteriormente. O caso tornou-se público depois de ter sido divulgada nas redes sociais uma fotografia dessa ficha. Ao PÚBLICO, fonte da escola Francisco Torrinha — que tem alunos do 5.º ao 9.º ano — disse nesta quarta-feira que “não prestavam declarações” sobre o assunto. Entretanto na Escola Francisco Torrinha entregam fichas a alunos de 9 anos a…

Ler mais

Câmara do Porto prevê 2 meses para adaptar Escola do Infante a alunos do Bom Sucesso

De acordo com a informação publicada no Diário da República, o concurso público relativo à fase 2 da “reparação e adaptação” da escola Infante D. Henrique, a cargo da empresa municipal Domus Social, aponta para trabalhos de 60 dias (cerca de dois meses), com o valor base de 200 mil euros, para garantir “condições mínimas” aos alunos da escola básica do Bom Sucesso. A empreitada tem por objetivo preparar a transferência dos estudantes da Escola Básica (EB1) do Bom Sucesso, na zona da Boavista, onde a requalificação deve arrancar “no…

Ler mais

Alunos protestaram no Porto contra exames nacionais

Em declarações à Lusa, o porta-voz dos estudantes disse que os alunos pretendem “uma renovação completa no ensino secundário, porque compreendem que saímos daqui formatados, sem saber como entrar no mercado de trabalho”. “Os exames nacionais são um completo entrave para os alunos do ensino público, sabemos que os alunos do privado tem privilégio nos exames nacionais, não aceitamos isso”, afirmou Afonso Santos. Apesar de a “Aurélia de Sousa”, com cerca de dois mil alunos, ser “uma escola privilegiada, com um corpo docente com bom currículo”, Afonso Santos disse que…

Ler mais