Este é a rua mais alta da cidade do Porto!

Toda esta zona habitacional é nada mais, nada menos do que a zona mais alta existente em toda a cidade do Porto. Estamos a falar da zona habitacional do Monte do Tadeu e do Monte dos Congregados. A história desta zona habitacional remonta ao tempo dos Padres e Frades da Congregação do Oratório de Regra em honra de S. Filipe de Néri, que estabeleceram a sua casa na cidade do Porto, no ano de 1680, mesmo ao pé da estação de S. Bento, num espaço ainda hoje existente e actualmente…

Ler mais

A lenda do fantasma da estação de São Bento no Porto

“Pouca gente sabe a lenda do fantasma que ocupa a estação de São Bento, no Porto. Um fantasma doce e recatado, teimoso em vida e que, segundo a lenda, ainda percorre os corredores da estação de São Bento. Vamos recuar um pouco no tempo…” É com esta introdução que a autora (Sara Riobom) do artigo  “O fantasma da estação de São Bento no Porto” nos descreve esta lenda que merece sem dúvida ser lida por todos portuenses que têm o fascínio pelo “desconhecido” do nosso Porto. Após a leitura lembrem-se… quando estiverem…

Ler mais

A insólita inauguração da ponte D. Maria Pia

Há histórias que não ficam nos livros de história. E quando uma simples plebeia decide que deve ser ela a inaugurar uma ponte em vez da rainha, a história fica apenas guardada pelas palavras do povo e esquecida nos livros. Mas a história que se conta neste artigo dificilmente mereceria entrar em qualquer livro, talvez porque, na verdade, é embaraçosa para todos os intervenientes. A ponte foi inaugurada em 4 de Novembro de 1877. A cerimónia iniciou-se com um comboio especial, com 24 carruagens, que transportou mais de 1200 convidados desde…

Ler mais

Polícia Judiciária do Porto apreendeu pergaminho do século XIV

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, localizou e apreendeu esta terça-feira um pergaminho, cuja antiguidade remontará ao Séc. XIV, relacionado com mandado do Rei para a entrega do Castelo de Lisboa. O pergaminho foi colocado na internet e noticiado recentemente por estar à venda no Olx por 750 euros.  “No mesmo é transcrita uma ordem do Rei, dirigida a Martim Afonso Valente, Alcaide do Castelo de Lisboa, dando-lhe o poder de entregar o referido Castelo em seu nome e da Infanta D. Beatriz, tratando-se de um de três…

Ler mais

História da Igreja de Cedofeita é revisitada no verão de São Martinho

Na semana em que se revivem as tradições de São Martinho, a sessão do ciclo Um Objeto e seus Discursos por Semana escolheu revisitar a Igreja Românica de Cedofeita, dedicada precisamente a este santo. Como habitual, a conversa vai decorrer neste sábado, com início às 18 horas, naquele templo cristão localizado no Largo do Priorado. A Igreja de São Martinho de Cedofeita é considerada a mais antiga igreja do Porto (com cerca de 1500 anos) e a segunda mais antiga do país, só precedida pela Sé de Braga, cuja edificação…

Ler mais

Museu dos Clérigos reconhecido como membro da Rede Portuguesa de Museus

O Ministério da Cultura reconheceu, em Diário da República, a certificação do Museu da Irmandade dos Clérigos como um dos novos membros da Rede Portuguesa de Museus, decisão essa que entra hoje mesmo em vigor. Assinado pelo ministro Luís Filipe Castro Mendes, o despacho, citado pela Lusa, reconhece que os referidos museus “reúnem todas as condições para integrar a Rede” e considera que isso contribuirá para a “promoção do acesso à cultura e enriquecimento do património cultural português”. O padre Américo Aguiar, presidente da Irmandade dos Clérigos, declarou que “é…

Ler mais

25 de agosto de 1875 – Fundação da Associação dos Bombeiros Voluntários do Porto.

Em finais do século XIX, dada a grande expansão e desenvolvimento da Cidade, um grupo de notáveis Portuenses decidiu criar uma Associação, cuja finalidade seria dotar a Cidade e a Região com um Corpo de Bombeiros Voluntários que a Cidade há muito pedia e exigia. Nasce, assim, em 1875 a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto, inicialmente instalada no Pátio do Paraíso, na Rua do Bonjardim. Actualmente estão instalados no quartel localizado na Rua Rodrigues Sampaio, muito próximo da Câmara Municipal. A ideia de criar na cidade do Porto…

Ler mais

24 de agosto de 1898 – Dia de São Bartolomeu

24 de agosto de 1898 – Dia de S. Bartolomeu: vão à Foz tomar o tradicional banho de 7 mergulhos, curando toda a espécie de achaques, milhares de pessoas do Porto e periferia.   A festa de S. Bartolomeu,  é a 24 de Agosto. O povo tem o antigo costume de ir à praia tomar o miraculoso banho santo ou dos sete mergulhos. “José Leite de Vasconcelos assistiu em 1880, em Matosinhos, a esta tradição popular. Assim a descreve: “…na véspera à noite e no dia de manhã, chegavam bandos…

Ler mais

Vídeo: As cheias no Porto em 1962

Quando se pensava que o caudal das águas do rio Douro estava, finalmente, controlado pelas barragens e que o aparecimento de uma cheia não seria mais possível, eis que o inesperado acontece: em janeiro de 1962, a cidade do Porto assiste a uma das maiores cheias de sempre. A quarta, em dimensão, entre as maiores de todos os tempos. Num pri- meiro lugar, nada honrosa, diga-se de passagem, está a cheia de 1739; logo a seguir figura a de 1909; em terceiro lugar a de 1779; e depois vem a…

Ler mais

PORTO – Incêndio no teatro Baquet – 1888

Com entradas pelas ruas de Santo António (hoje 31 de Janeiro) e de Sá da Bandeira, o teatro Baquet foi mandado construir pelo alfaiate portuense António Pereira Baquet, em 1858. Na noite de 20 de Março de 1888, ficou completamente destruído por um incêndio que deflagrou nos bastidores. Durante a festa de benefício do ator Firmino Rosa um incêndio consumiu em poucas horas todo o interior do Teatro Baquet. A programação – extensa – incluía a ópera cómica Dragões de Vilares e a zarzuela Grã via, ambas do agrado de um…

Ler mais