Mediador de seguros acusado de burla no Porto

Durante um ano, um mediador de seguros do Porto apoderou-se de todos os montantes que os clientes lhe entregavam, relativos ao prémio dos contratos de seguro automóvel. O arguido lesou 70 pessoas a quem entregava documentos com a grafia e apresentação idênticas às cartas verdes da seguradora que representava. Durante cerca de um ano, refere o Correio da Manhã, um homem reservou para si os montantes que os clientes lhe entregavam para pagamento de contratos de seguro automóvel. Acusado de burla qualificada, o arguido vai apresentar-se no Tribunal de São João Novo juntamente com o filho, de…

Ler mais

Absolvidos os polícias acusados de agredir e cegar adepto do Boavista

O Tribunal de Guimarães decidiu esta quinta-feira absolver os onze agentes da Polícia de Segurança Pública que eram suspeitos de agredir um adepto do Boavista, deixando-o cego. “Os autores das bárbaras agressões estão aqui nesta sala, disso não tenho dúvidas. Só não sei é quem foram ou se foram todos, porque ninguém os conseguiu identificar”, referiu o juiz presidente, na leitura do acórdão. O juiz criticou a “comunhão de esforços” entre os arguidos para “encobrir” a identidade dos agressores. “Toda a gente sabe que vocês sabem quem é que fez…

Ler mais

Acusados por difamar vigário-geral da Diocese do Porto pedem desculpas

Duas pessoas da comunidade católica de Canelas, Vila Nova de Gaia, acusadas por difamar o vigário-geral da Diocese do Porto, António Coelho de Oliveira, chegaram a um acordo com o visado, pedindo-lhe desculpas. O caso, cujo julgamento ira decorrer na Instância Local Criminal de Vila Nova de Gaia, relaciona-se com a destituição do anterior padre de Canelas, Roberto de Sousa, consumada em 2014 e geradora de uma divisão na comunidade católica daquela localidade que ainda subsiste. Os arguidos eram o líder da contestação à saída do padre, que foi o…

Ler mais

«Estou de consciência tranquila», diz homem acusado de agredir o avô no Porto

Um homem de 34 anos acusado de roubar o avô octogenário e de o maltratar disse em tribunal que todas as imputações que lhe fazem são “mentira”. “Estou de consciência tranquila. Fiz o melhor que pude. Tudo o que está na acusação é mentira”, afirmou o arguido perante um coletivo de juízes do tribunal criminal de São João Novo, no Porto. egundo o Ministério Público (MP), o arguido, que está acusado de um crime de maus tratos e outros de furto qualificado, eximiu-se sempre à “responsabilidade moral e jurídica” que tinha…

Ler mais

Prisão efetiva até 10 anos para 19 acusados de traficar drogas no Porto

O tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou hoje penas de prisão efetivas, entre ano e meio e 10 anos, a 19 dos 23 acusados por tráfico de drogas “duras” a partir do bairro do Aleixo, naquela cidade. Dos restantes, dois arguidos foram condenados a penas suspensas, um vai pagar uma multa de 400 euros e outro acabou absolvido. O casal que a acusação e a pronúncia davam como líderes do grupo criminoso teve as penas mais pesadas (10 anos cada), sendo condenados por tráfico de droga agravado. Artigo…

Ler mais

Patrões acusados de homicídio de mulher decapitada em Matosinhos

Um homem paquistanês e uma mulher tailandesa foram, quinta-feira, acusados em co-autoria do homicídio e profanação do cadáver de uma funcionária da casa de massagens que exploravam, em Matosinhos. A cabeça da mulher foi encontrada na praia de Leça da Palmeira, em março deste ano. De acordo com a acusação do Ministério Público, “entre 28.12.2018 e 07.03.2019, na dita casa de massagens, o arguido e a arguida mataram a dita colaboradora tailandesa, após o que cortaram o cadáver aos pedaços, decapitaram-no e colocaram no congelador pelo menos a cabeça”, lê-se…

Ler mais

Bispo do Porto defende castração química para casos extremos de violação ou abuso sexual

O Bispo do Porto defende o recurso à castração química em casos extremos de violação ou abuso sexual. (ver vídeo abaixo) Em entrevista concedida à SIC, D. Manuel Linda voltou a criticar o sistema judicial por valorizar mais os delitos económicos do que certos crimes violentos. (IMAGENS SIC) FONTE: SIC Segue-nos e partilha:

Ler mais

Rui Pinto acusado de extorsão e continua em prisão preventiva

Detido há 6 meses, Rui Pinto foi hoje acusado pelo Ministério Público dos crimes de extorsão na forma tentada e acesso ilegítimo no âmbito do Caso Doyen. Caso não fosse acusado até ao próximo domingo teria de ser libertado. Desta forma continuará em prisão preventiva enquanto durar a fase de instrução e um eventual julgamento. A par de Rui Pinto foi também acusado Aníbal Pinto, advogado e conhecido adepto do FC Porto. Segue-nos e partilha:

Ler mais

Detido suspeito de atear fogo à casa da ex-namorada no Porto

A Polícia judiciária (PJ) deteve um homem suspeito de ter posto fogo na habitação da sua ex-companheira, no Porto, por alegada “vingança”, anunciou esta segunda-feira aquela força policial. Em comunicado, a PJ, através da diretoria do Norte, refere que o “arguido terá regado móveis e roupas com álcool etílico para propagação rápida das chamas, utilizando depois um isqueiro para provocar o início de combustão”. O homem, de 38 anos, “ex-companheiro da vítima que era arrendatária do imóvel, não se terá conformado com o fim da relação, atuando motivado por vingança”,…

Ler mais

Juiz de instrução liberta os nove detidos em operação antidroga no Porto

Os nove detidos na megaoperação antidroga realizada na terça-feira pela PSP em quatro bairros da Pasteleira, no Porto, ficam em liberdade, mas oito deles têm de se apresentar periodicamente às autoridades, decidiu um juiz de instrução criminal. A PSP, que deu hoje a informação, acrescentou que o juiz do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto fixou para o nono detido a medida de coação mínima: o Termo de Identidade e Residência. Os suspeitos, seis homens e três mulheres, foram ouvidos no TIC durante a tarde e noite de quarta-feira.…

Ler mais