Sobre a Rádio Portuense

História Rádio Portuense

A Rádio Portuense foi fundada a 4 de setembro de 2014 por três amigos (Luís Mesquita, Carvalho Araújo e Carlos Ribeiro) que nutriam a paixão pela rádio e pela cidade do Porto. Web-rádio pioneira em relatos de jogos de futebol online, começou com pequenos avanços, onde as suas primeiras emissões eram realizadas a partir de casa, sendo, hoje, uma das maiores rádios da Cidade do Porto. A sua génese prende-se por abordar todos os temas relacionados com a cidade Invicta e pelos comentários desportivos.

O bichinho pela rádio nestes três amigos surgiu depois de uma experiência numa outra web rádio, em Matosinhos. As primeiras emissões da Rádio Portuense eram realizadas a partir de casa de cada um dos seus fundadores, mas rapidamente perceberam que precisavam de se expandir para realizar todas as ideias e tornar a Rádio diferente das restantes web-rádios já existentes. Foi então que decidiram sair para as ruas do Porto, conversar com os portuenses ou assistir a eventos que ocorriam na cidade. Mas, antes de tudo isto, o sonho de terem um estúdio próprio onde se pudessem juntar para discutir as ideias e realizar os programas, surgiu. A procura foi alguma, mas entre contactos, eis que o Centro Comercial de Cedofeita se mostra interessado e, depois de uma reunião onde alinharam tudo, nasceu o estúdio da Rádio Portuense, na loja 69 do Centro Comercial de Cedofeita. Esta parceria teve inicio a 11 de abril de 2015, sendo a administração do Centro Comercial os padrinhos da rádio.

O primeiro grande evento que a Rádio cobriu foi, então, o Fantasporto, seguido do Eros Porto. Estes foram os eventos que permitiram a Rádio dar o seu primeiro grande boom, pois com a apresentação destes trabalhos, a acreditação para assistir a outros eventos não era negada. Os relatos de futebol surgiram pouco depois, através de uma oportunidade para relatar o Sport Rio Tinto, a comando de Carvalho Araújo. Porém, o objetivo era realizar os relatos da Primeira Liga de Futebol e, por isso mesmo, surgiu o desejo de cobrir o clássico Boavista-Futebol Clube do Porto, que, graças ao currículo e persistência da Rádio Portuense, foi possível. A partir de então, os relatos de futebol do Boavista, dos jogos em casa, ficavam a cargo de Carvalho Araújo, os comentários eram feitos por Luís Mesquita e o Carlos Ribeiro fazia comentários à arbitragem. Atualmente, os relatos de futebol realizados são do Futebol Clube do Porto, por vias de Luís Mesquita e David Guimarães, sendo parceiros da Rádio o Universo Porto, do Porto Canal, e o Portal dos Dragões.

As redes sociais tiveram, também elas, um papel importante, na medida em que, permitiram a Rádio crescer a nível de visibilidade e ouvintes. Os conteúdos da Rádio são gerados de forma a manterem uma ligação muito direta com os nossos ouvintes, mantendo, assim, uma interação com eles, em especial, com os emigrantes e com todos os falantes da língua portuguesa, quebrando fronteiras e diminuindo a distância.

O protocolo que nos permite receber estagiários teve inicio em 2017/2018, depois da Universidade Fernando Pessoa procurar os nossos serviços. Consideramos, por isso, bastante importante o trabalho dos nossos estagiários porque, para além de ajudarem no crescimento da rádio, podem, ainda, manter um contacto direto com a área de estudo. Para além disso, têm uma grande liberdade de apresentarem as suas próprias ideias e de as executar, sem pressões associadas.

A rádio portuense engloba vários projetos da comunicação social e tem ainda muitas surpresas para mostrar aos seus ouvintes.