Jovem espancou amigo até à morte no Porto

Um desentendimento estará na origem da morte de um jovem, que foi brutalmente espancado pelo amigo, um estrangeiro com 20 anos, com murros, joelhadas e pontapés.

Tudo se terá passado na segunda-feira, refere o JN, quando o arguido desfigurou e provocou a morte do amigo.

Segundo um comunicado da PJ, “os factos, que apenas chegaram ao conhecimento das autoridades com a descoberta do cadáver na manhã do dia de ontem, ocorreram na tarde do dia 11, na cidade do Porto, na sequência de um desentendimento entre o ora detido e a vítima, seu amigo”.

Na ocasião, no interior da residência do ofendido, o arguido, indivíduo jovem e de forte compleição física, agrediu violentamente a vítima, desferindo-lhe vários murros, joelhadas e pontapés, desfigurando-a e provocando-lhe assim a morte, descreve a PJ, citada pelo JN.

O arguido, estrangeiro e com relevantes antecedentes criminais, tinha atualmente pendente um mandado de detenção europeu e internacional para cumprimento de pena de 14 anos prisão, em Espanha, por ter sido condenado naquele País pela prática de um crime de homicídio na forma tentada e um de roubo, ocorridos em 2017.

O detido, com vinte anos de idade, sem residência fixa e sem ocupação profissional, vai ser presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas