Jovem de 23 anos condenado a prisão efetiva por burla no Facebook

Um jovem de 23 anos foi esta quinta-feira condenado a quatro anos e seis meses de prisão efetiva por burla através do Facebook.

A decisão foi anunciada esta manhã no Tribunal de São João Novo.

No Facebook o homem de 23 anos dizia ser um vendedor honesto.

Anunciava vendas de calçado, telemóveis, fatos de treino do Sporting, eletrodomésticos e até cães de raça buldog.

Quem acedia aos sete perfis da rede social que Pedro Silva criou exclusivamente para este negócio até encontrava comentários de clientes satisfeitos com os produtos.

Subscreve o nosso canal

Mas tudo não passava de uma burla e os artigos nem sequer existiam.

Entre 2015 e 2017, o arguido enganou dezenas de pessoas de todo o País, incluindo as ilhas.

artigo fonte: Correio da Manhã

Notícias relacionadas